Salvador

Homem é esfaqueado na cabeça e pescoço após briga no Subúrbio

A vítima ainda atravessou quatro pistas antes de cair na calçada

Pedro Vilas Boas, do Correio 24h

Luciano Rocha de Jesus, 24 anos, saiu pela manhã de sua casa no Boiadeiro, Subúrbio de Salvador, para se encontrar com a esposa em Escada. Porém, antes que conseguisse conversar com a companheira, foi esfaqueado na cabeça e pescoço por um morador do local. O crime aconteceu por volta das 11h desta terça-feira (10).

Testemunhas contaram que Luciano ainda conseguiu atravessar as quatro pistas da avenida Afrânio Peixoto, Suburbana, antes de cair em um trecho da calçada, próximo a um ponto de mototáxi. "Ele adora procurar briga com todo mundo. Se acha o dono do bairro", contou o irmão da vítima, Paulo Alcântara, sobre o agressor, identificado apenas como Deny.

Foto: Pedro Bastos/CORREIO

Paulo estava próximo ao local do crime, na casa de sua mãe, mas não pôde socorrê-lo, já que está acidentado e de repouso em casa. Ele ligou para a irmã deles, Andreza Rocha, para avisar do ocorrido. "Eu fui correndo até o local com minha mãe, mas quando chegamos a Samu tinha acabado de sair de lá pra levar ele pro hospital", explicou Andreza, enquanto aguardava por notícias de Luciano no Hospital do Subúrbio, para onde ele foi encaminhado.

De acordo com oa familiares, a vítima foi à Escada se encontrar com a esposa na casa de sua mãe, mas quando chegou à localidade foi abordado por um amigo, identificado como "Neguinho", para ir trocar um dinheiro em um estabelecimento do bairro. Quando voltavam, Deny iniciou uma briga com Neguinho, e Luciano resolveu intervir. Foi quando recebeu os golpes.

"A gente tá aqui esperando desde a manhã por alguma informação, mas eles não dizem nada. Só nos disseram que ele foi pro Centro Cirúrgico. Só", reclamou Andreza, sentada na escada da ala de emergência do hospital.

O caso será investigado pela 29° Delegacia (Plataforma). A reportagem do CORREIO foi até a unidade nesta tarde, mas o titular da delegacia, Maurício Rocha, ainda não tinha tido acesso à ocorrência.