Salvador

Homem é morto e dois são baleados durante tiroteio em Plataforma

Polícia acredita que os crimes têm relação com as disputas pelo tráfico de drogas

Redação Correio 24h

Um homem morreu e outras duas pessoas ficaram feridas durante um tiroteio na noite desta sexta-feira (18), na região do Boiadeiro, em Plataforma, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. Segundo a polícia, o crime tem relação com o tráfico de drogas.O crime aconteceu na Travessa São Lázaro, por volta das 22h. Glaydsom Silva Prado, 19 anos, foi baleado diversas vezes e morreu no local. Deivdison Silva Campos, 21 anos, e Priscila Dias Suzart, 18 anos, foram socorridos para dois hospitais e não forneceram muitas informações à polícia. 

Deivdison foi baleado no ombro e na mão esquerdos. No posto policial do Hospital Geral do Estado (HGE), ele disse que o crime foi praticado por comparsas de um traficante conhecido como Leozinho, mas não deu detalhes sobre como aconteceu o crime. Priscila foi atingida no abdômen e socorrida para o Hospital do Subúrbio. Segundo os investigadores, ela passou por uma cirurgia e devido a gravidade do ferimento ainda não foi ouvida até a manhã desta quinta. Uma das irmãs da vítima contou aos policiais que a jovem foi atingida por uma bala perdida. 

Tráfico de drogas
Segundo um investigador da Polícia Civil, existe a suspeita de que as vítimas estejam envolvidas com o tráfico de drogas e de que façam parte do grupo do traficante Ednelson Nascimento da Conceição, 28 anos. 

"Ainda não podemos confirmar essa informação. Estou levantando o histórico de todos os envolvidos e investigando", contou o delegado Nilton Borba, titular da 5ª Delegacia (Periperi). Apesar de o crime desta quinta-feira estar sob a responsabilidade do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o delegado Borba também investiga o caso. "A região do Boiadeiro é uma localidade que está em disputa entre os traficantes Ednelson e Zé de Lessa. Nós já estamos investigando os dois há algum tempo, por conta de outros crimes", afirmou.

Além do Boiadeiro, Ednelson comanda outras regiões da Suburbana, como Alto de Coutos e prainha do Lobado. José Francisco Lume, o Zé de Lessa, também faz parte do Bonde do Maluco, mas com uma ramificação diferente da quadrilha.  Ednelson é suspeito de ser o responsável pela morte de três irmãos, em fevereiro deste ano, em São João do Cabrito. Ele é investigado por homicídios, roubos e tráfico de drogas na Suburbana e, segundo a polícia, está tentando expandir as ações para os bairros de Periperi e Paripe.

Correio24horas