Salvador

Incêndio destrói depósito de inservíveis do Centro Estadual de Oncologia

Funcionamento da unidade não será afetado, garante administradora

Carol Aquino, do Correio 24h

Um incêndio atingiu o depósito de inservíveis do Centro Estadual de Oncologia (Cican) no final da tarde deste sábado (10). Por volta das 17h50, os bombeiros foram acionados por moradores do condomínio que fica ao fundo da unidade. As chamas estavam altas e chegaram a chamuscar o refeitório anexo do depósito. O local estava vazio e ninguém ficou ferido. 

Foto: Betto Jr/CORREIO

Os bombeiros chegaram cerca de dez minutos depois de acionados e conseguiram apagar as chamas em quarenta minutos. Para combater o fogo, os brigadistas precisaram arrombar dois cadeados do centro para acessar o fundo da unidade, onde fica o depósito. Doze homens atuaram no combate, tanto pela frente do depósito como no fundo, através uma escada colocada no muro do condomínio vizinho. 

“Tinha muita sucata, cadeira quebrada, ar condicionado velho. Ficou tudo destruído”, disse o subtenente Edson Borges, comandantes de uma das equipes de bombeiros. O fogo chegou a atingir um refeitório vizinho ao depósito, que ficou com as paredes chamuscadas. Uma TV 14 polegadas foi destruídas. 

Destruição 

Segundo a administradora da do Cican, Cristina Azevedo, o prédio principal não foi atingido. “Nenhum insumo ou equipamento da  unidade foi destruído. Na segunda-feira (12), voltaremos a funcionar normalmente, inclusive realizando o nosso mutirão de mamografia”, frisou. Ela explicou que o depósito era usado pela manutenção para consertar materiais quebrados, que já estavam em desuso. 

 A Codesal esteve no local para avaliar as instalações e concluiu que não há risco estrutural para o prédio. Ninguém sabe o que causou o incêndio. “Só a perícia será capaz de avaliar”, disse o subtenente Borges. Uma ocorrência será registrada na 6ª Delegacia (Brotas).