Salvador

Jovem que foi impedido de pagar almoço para menino em shopping é preso por estelionato

Além dos cartões e documentos falsos, foi apreendida com ele a quantia de R$2.990

Agência O Globo

O jovem que viralizou na internet ao ser impedido de comprar um almoço para um menino em no Shopping da Bahia, foi preso na última sexta-feira (1º) em Salvador suspeito de estelionato.

Foto: Reprodução
A Polícia Civil informou que Bruno Kaíque Santana Santos, de 19 anos, foi preso em uma agência do Banco do Brasil quando realizava saques com cartão e identidade falsos, no nome de Caíque do Céu Oliveira.

O diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), delegado Marcelo Sansão, informou que o gerente da agência já estava desconfiando do crime pela frequência dos saques realizada pelo jovem e só aceitou que Bruno saísse do local após a chegada da polícia.

Bruno também utilizava o nome de Caique Santos Félix que, inclusive, constava em um cartão da Caixa Econômica Federal que estava com ele. Além dos cartões e documentos falsos, foi apreendida com ele a quantia de R$2.990. De acordo com a agência bancária, a conta já havia movimentado saques de R$ 26 mil.

Para a polícia, Bruno disse que foi induzido ao crime por um agiota, a quem ele devia dinheiro. O caso está sendo investigado pelo Draco.


O jovem ficou conhecido em junho de 2018 quando teve que discutir com o segurança de um estabelecimento comercial para conseguir pagar pela refeição de uma criança. A cena gravada por outra cliente e publicada por Bruno teve grande repercussão nas redes sociais. O funcionário do shopping chegou a ser afastado de atividades relacionadas a atendimento ao público.