Salvador

Justiça marca júri popular de Kátia Vargas para 7 de novembro

Médica responderá por homicídio triplamente qualificado por provocar acidente que terminou com a morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, em Ondina

Redação Correio 24h

A sessão de julgamento da médica Kátia Vargas Leal Pereira será realizada no próximo dia 7 de novembro, às 8h, pelo 1º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri, no Fórum Ruy Barbosa. A informação foi confirmada pela assessoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) na tarde desta quarta-feira (16).

A médica responderá por homicídio triplamente qualificado (por motivo fútil, perigo comum e por utilização de recursos que impossibilitaram a defesa das vítimas). Kátia Vargas é acusada de provocar o acidente que terminou com a morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, então com 21 e 23 anos, no dia 11 de outubro de 2013, em frente ao Bahia Othon Palace, na Avenida Oceânica, em Salvador.

Após o acidente, Kátia Vargas ficou presa por 58 dias no Presídio Feminino de Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura. Em 2014, o TJ-BA decidiu que a acusada iria a júri popular.