Salvador

'Le Cirque Amar' traz artistas de vários países para espetáculo em Salvador

Circo francês tem palhaços premiados e números inéditos com motocross no globo da morte e em acrobacias

Especial de Conteúdo

A família Stevanovich, que está na sua sexta geração, segue se reinventando para manter viva a magia do circo e levar a diversão para o público de todas as idades. Com lona armada na Avenida Paralela, próximo ao Colégio Villa, o 'Le Cirque Amar' cumpre uma curta temporada pela primeira vez em Salvador.

Foto: Divulgação

No picadeiro, artistas de diferentes países fazem a animação do público da capital baiana, seja pela ousadia em números com motocross (no globo da morte e em free style), nas mágicas ou nas brincadeiras dos palhaços.

"O circo conta com um elenco totalmente internacional. São 29 artistas de diferentes países, como Mongólia, França, Dinamarca, Rússia, Ucrânia, Espanha, Argentina, entre outros", diz Bryan Stevanovich, produtor do circo na América Latina e um dos artistas da companhia.

Criado na França - único já montado embaixo da Torre Eiffel, em Paris -, mas hoje comandado pelos irmãos Stevanovich, o 'Le Cirque Amar' tem apresentações que duram duas horas, em ambiente climatizado com ar-condicionado e espaços com 2.500 assentos. Dentro da grande lona, o público ainda encontra diferentes opções de comida, como pipoca, pastel, churros e cachorro-quente, banheiros, entre outros incrementos.

"Estamos sempre nos reinventando para não deixar o circo ficar para trás. Então, sempre trazemos conforto, luxo, sofisticação, som, iluminação de última geração, qualidade de estrutura e qualidade de espetáculo. Isso faz da nossa companhia um sucesso por onde passamos", explica o produtor.

Além dos artistas, o circo tem mais de 100 profissionais envolvidos na elaborações dos shows e trabalhadores de Salvador contratados.

Bryan também comenta sobre as atrações do 'Le Cirque': "Esse espetáculo é totalmente diferente de tudo que o público já viu de circo. Os melhores palhaços da América Latina estão neste circo. É uma dupla que já ganhou vários festivais da arte circense do mundo. Tem show de free style onde as motos voam por cima da plateia a mais de 20 metros de altura, tem globo da morte com nove motoqueiros e outras atrações".

Serviço
O quê: Le Cirque Amar
Quando: De terça à sexta: 20h30. Sábado e feriados: 15h30, 18h e 20h30. Domingo: 11h, 15h30, 18h e 20h30.
Local: Av. Paralela, próximo Colégio Villa
Ingressos: Variam de R$ 20 a R$150