Salvador

Liberação total da Avenida Contorno depende de laudo técnico da UFBA

Um deslizamento de terra que aconteceu próximo ao restaurante Amado no dia 16 de junho ainda interfere no tráfego da avenida

Editoria Notícias & Empregos
Um laudo técnico da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA) é aguardado pela Prefeitura, na próxima terça-feira (9), para decidir sobre a liberação total da avenida Contorno. O documento vai estabelecer se será necessária a indução do rompimento de outra parte da encosta, caso haja risco de novos deslizamentos, de acordo com o secretário de Infraestrutura, Habitação e Defesa Civil, Paulo Fontana.

"Só vamos liberar totalmente a avenida se não houver risco nenhum de desabamento. Se esse laudo apontar que o local está seguro, vamos nos reunir com nossa equipe técnica e com o prefeito ACM Neto para determinar sobre a liberação. Caso contrário, no domingo após a terça-feira teremos que induzir o rompimento e fechar totalmente a via por pelo menos dois dias", afirmou Fontana, que informou que a Prefeitura tem trabalhado na limpeza da encosta.

A avenida Lafayete Coutinho, a Contorno, está parcialmente liberada para o tráfego de veículos. A avenida foi totalmente interditada após um deslizamento de terra atingir o local nas proximidades do restaurante Amado, no dia 16 de junho.

*Com informações da Assessoria Geral de Comunicação (Agecom)