Salvador

Linhas de ônibus terão itinerários modificados devido às obras no Bonfim; saiba o que muda

Mudanças serão realizadas a partir deste sábado (25) devido as obras de requalificação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A partir deste sábado (25), com a interdição da ladeira da Colina Sagrada para a realização das obras de requalificação do bairro do Bonfim, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) irá modificar temporariamente o itinerário das três linhas que passam pelo local. São elas: a 0201 - Ribeira-Bonfim/Campo Grande, a 1668 - Alto do Cabrito/Boa Vista do Lobato-Ribeira e a 0713 - Santa Cruz/Calçada/Bonfim.

Foto: Divulgação
Essas linhas deixarão de circular pela Ladeira do Bonfim e Monte Serrat e passarão a transitar pelas ruas Imperatriz, Jacuípe, Juaguaripe, Paraguaçu, Rio Sergy Mirim e Luiz Tarquínio e, a partir daí, seguem o itinerário normal.

Durante o período das obras, o atendimento do transporte será mantido pela nova linha circular 0201-01 - Bonfim/Largo de Roma. Essa linha, que será criada provisoriamente, irá operar das 6h às 20h, saindo da  Rua Plinio Lima, passando pelos hospitais Sagrada Família e Couto Maia, e irá seguir até o Largo de Roma. No local, os passageiros poderão integrar e pagar apenas uma tarifa no período de duas horas com qualquer uma das 33 linhas que passam pelo local.

Requalificação da Colina Sagrada
A requalificação, que teve início no mês de março, inclui a Praça do Largo do Bonfim e do Largo da Baixa do Bonfim –, e a criação do chamado Caminho da Fé.

O financiamento para execução dos dois projetos será de R$ 28 milhões, entre recursos municipais e federais, conforme acordo firmado pelo prefeito ACM Neto com a Caixa Econômica Federal, na quarta-feira (10). As intervenções serão responsáveis ainda pela ampliação dos limites da Praça do Largo para dar a sensação de continuidade das escadarias da igreja. O investimento para as obras no entorno da Colina Sagrada será de cerca de R$ 17 milhões, desta vez oriundos exclusivamente de recursos municipais.

Na parte baixa da Colina Sagrada, a Praça Euzébio de Matos, também conhecida como Baixa do Bonfim, é um local de grande uso de moradores e visitantes, além de possuir importante papel nos grandes eventos religiosos da igreja. A requalificação contará com redesenho da área, que ficará integrada aos arcos da Ladeira do Bonfim. Com isso, haverá a reativação dos vãos dos arcos – os locais vão servir para atividades comerciais e de serviços.


A requalificação da Colina Sagrada vai complementar o chamado Caminho da Fé – projeto que vai transformar a Avenida Dendezeiros, que liga o Memorial de Irmã Dulce (Largo de Roma) à Basílica do Bonfim (Bonfim), em um local de peregrinação de fiéis e que vai impulsionar o turismo religioso na capital baiana. Com recursos na ordem de R$ 11 milhões, oriundos do Ministério do Turismo, o projeto pretende requalificar 1,1 quilômetros de extensão de via.