Salvador

Maioria dos taxistas não deve aderir à bandeira dois em dezembro

Tarifa funciona como 13º dos taxistas e passa a ser cobrada nesta sexta-feira (1º)

Raquel Saraiva, do Correio 24h
- Atualizada em

A partir desta sexta-feira (1º) os táxis já começam a cobrar bandeira dois dos passageiros durante todo o dia. Até o dia 2 de janeiro o valor da tarifa aumenta em quase 40%, passando de R$ 2,42 para R$ 3,38.

A maioria dos taxistas, no entanto, não deve cobrar o valor. “A prefeitura estabelece a bandeira 2 como limite máximo, e o taxista é livre para dar descontos. A maioria tem afirmado que prefere não usar a bandeira dois, porque a gente vive uma crise no país, e tem também a questão do Uber que vem prejudicando a categoria”, explica Valdeilson Miguel, presidente da Associação Metropolitana dos Taxistas (AMT).

A tarifa, que normalmente é cobrada em dias úteis a partir das 21h e nos finais de semana e feriados durante todo o dia, equivale ao 13º dos taxistas. O valor começou a valer a partir das 6h desta sexta-feira (1º) e segue até às 6h do dia 2 de fevereiro.

Descontos de até 50%
Os motoristas que optarem pela cobrança da bandeira 2 devem dar descontos para os clientes. O aplicativo Táxi 10 vai oferecer até 50% de descontos nas corridas no mês de dezembro “A gente quer trabalhar com preço competitivo”, afirma o gestor do app na Bahia, José Silva. O app feito por taxistas está disponível nas plataformas iOS e Android e funciona em vários estados brasileiros.