Salvador

Manifestação deixa trânsito congestionado na manhã desta segunda-feira (16)

Cerca de 200 manifestantes estão seguindo pela pista em direção ao Shopping da Bahia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Cerca de 200 manifestantes deixam o trânsito da Avenida ACM interditado na manhã desta segunda-feira (16). O protesto, que começou por volta das 09h, também deixou o tráfego da rótula do Abacaxi e das avenidas Barros Reis e Heitor Dias congestionado. As informações são da Transalvador.

Segundo a Polícia, a manifestação seria de professores municipais, que estão greve, e alunos. Há também carro de som e microtrio. Até às 07h desta segunda, foram registrados três acidentes com dois feridos.

Em nota, a prefeitura de Salvador afirmou que está há dois meses negociando com a categorias dos servidores municipais suas respectivas campanhas salariais.

Confira a nota na íntegra:
A Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), informa que está há dois meses negociando junto a diversas categorias de servidores municipais suas respectivas campanhas salariais. Em relação ao Sindicato dos Servidores Municipais (Sindseps), a Prefeitura esclarece que apresentou proposta contemplando aumentos salariais reais que podem ser de 11%, 5,5% e 2,5%, a depender da categoria e da condição individual cada trabalhador, observada a legislação aplicável.

Vale salientar que esta mesma proposta foi apresentada a outras entidades representativas, tendo sido aceita e os respectivos acordos já formalizados, com efeitos financeiros já na folha de julho deste ano. Tal proposta, ainda, atende à pauta de reivindicação apresentada em diversos outros itens, a exemplo de equacionar o pagamento de diferenças relativas a parcelas retroativas de progressões e enquadramento já concedidos, prorrogar o abono dos agentes de copa e cozinha e regularizar os benefícios pagos aos aposentados e pensionistas.

A Semge informa também que os dias não trabalhados serão descontados já na folha salarial de julho. A Prefeitura faz um apelo para que os servidores que estão parados voltem ao trabalho imediatamente, e acrescenta que os órgãos da gestão municipal seguem em funcionamento.