Salvador

Manifestantes bloqueiam rotatória dos Barris; acessos à Lapa foram fechados

A Transalvador recomenda que os motoristas evitem a região

Redação Correio 24h
Uma manifestação contra a prisão do ex-presidente Lula está sendo acompanhada pela Transalvador no fim da manhã desta sexta-feira (6). O órgão de trânsito recomendou que os condutores evitem a região da rotatória dos Barris, na Praça João Mangabeira. 
Foto: Reprodução/Correio 24h
O fluxo está congestionado para quem tenta acessar a Estação da Lapa, o Dique do Tororó e o trecho final da Avenida Vasco da Gama. Os manifestantes fecharam todas as entradas e saídas da Estação da Lapa. Para liberar o trânsito no local, o órgão fez quatro desvios de tráfego. Um deles acontece nas imediações da Arena Fonte Nova e alça de acesso do Bonocô ao Dique do Tororó, impedindo que os veículos sigam para a Estação da Lapa. Dessa forma, os veículos estão retornando sentido Bonocô, Vale de Nazaré ou rua Djalma Dutra.
Já Avenida Vasco da Gama, o desvio faz com que os veículos sigam para o Dique, mas no sentido Bonocô, evitando a rotatória dos Barris. Já na Avenida Centenário, o desvio é próximo ao Viaduto dos Reis Católicos - os veículos acessam a Avenida Garibaldi ou o Vale de Nazaré. Para aqueles veículos que estão nos Barris, saindo das imediações da Lapa, a trajeto é seguir para a Avenida Centenário.
De acordo com a Transalvador, “equipes da autarquia monitoram o trânsito nos principais pontos da cidade e estão prontas para intervirem emergencialmente, com desvios e outras alterações pontuais no tráfego, em caso de impactos significativos motivados por protestos”. 

Mais protestos 
Outros atos estão previstos para a tarde desta sexta-feira. Um deles está previsto para iniciar às 15h, na região do Iguatemi. Convocado pela Frente Brasil Popular, a manifestação defende "Lula Inocente". Já às 19h, os manifestantes se reúnem no campus de Ondina da Universidade Federal da Bahia. É o ato em defesa da democracia. 
Rodovia bloqueada
Mais cedo, um grupo de manifestantes bloqueou, por volta das 6h30, um trecho da BR-116 na altura da cidade de Lamarão, Nordeste do estado, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O ato é contra a prisão do ex-presidente Lula, que deve se apresentar na sede da Polícia Federal de Curitiba até 17h. 
O congestionamento chegou a atingir cinco quilômetros, nos dois sentidos da rodovia. Manifestantes atearam fogo em pneus, nos dois sentidos da rodovia no km 370. Eles saíram do local por volta das 8h. O número de pessoas que participou do ato não foi informado pela polícia. Por conta do bloqueio, o tráfego de veículos flui lentamente pelo acostamento.