Salvador

Motorista que dirigiu em calçada na Barra é idosa de 78 anos

Ela foi chamada para ir à Transalvador, mas não será punida

Redação Correio 24h

O carro flagrado trafegando em cima da calçada na orla da Barra, em vídeo que viralizou nesta quarta-feira (16), era dirigido por uma idosa de 78 anos, segundo o superintendente da Transalvador Fabrizzio Muller, que falou do assunto em entrevista à Rádio Metrópole esta noite.

"Já foi identificada a pessoa, é uma senhora de 78 anos que naquele momento promoveu um enorme risco para os pedestres. Ela se confundiu. Pedi que ela vá ao meu encontro amanhã, porque nesse momento o que eu quero saber o que houve", afirma.

Como a Transalvador já havia sido informada, mesmo identificada, a motorista não será punida. "Infelizmente ela não vai poder ser autuada porque o código veda, já que ela não foi flagrada por nossas câmeras de segurança ou um agente", explica.

Veja a cena:



Flagra
O vídeo, de pouco mais de um minuto, está circulando nas redes sociais desde terça-feira (15). De acordo com a Transalvador, o veículo foi identificado e o proprietário será "convidado" a receber orientações "quanto à conduta correta", "advertindo-o quanto aos riscos que gerou aos pedestres".

O condutor não será notificado neste caso. De acordo com o órgão de trânsito, a imagem produzida por câmera "de terceiro não respalda legalmente a autuação".

Ou seja, a infração só seria reconhecida se o flagrante fosse realizado por agente de trânsito, presencialmente ou por câmera do órgão de trânsito, ou ainda por equipamento eletrônico, como um radar.

A punição prevista no Código Brasileiro de Trânsito para o motorista que circula em passeios é multa no valor de R$ 880,41, por ser gravíssima agravada três vezes, e sete pontos no prontuário do condutor.