Salvador

Ondina: mau cheiro nas ruas persiste pelo segundo dia após vazamento de esgoto

Embasa diz que ainda não há conhecimento sobre o que motivou o problema no bairro

Redação Correio 24h com informações de Thais Borges (redacao@correio24horas.com.br)

Quem passar pela avenida Adhemar de Barros, em Ondina, e nas ruas próximas na manhã deste sábado (10) terá conviver com o odor de esgoto que está na região desde a última sexta-feira (09). A Embasa confirmou, através da sua assessoria de comunicação, que houve um extravasamento do esgoto na região, mas que ainda não há conhecimento sobre o que motivou o problema. Na manhã deste sábado (10) técnicos da empresa estão lavando a rua para retirar o esgoto e identificar o que causa o problema.

"O cheiro continua horrível. Os clientes estão reclamando muito. As pessoas entram rápido e saem rápido para não sentir o cheiro", afirma a gerente da farmácia Sant'Ana, Elaine Xavier, 31. Um morador do bairro, que preferiu não se identificar, afirmou que o mal cheiro está nas casas. "Cheguei duas da manhã e estava podre. Todos os apartamentos conseguem sentir", contou.

O operador de caixa Ariel Silva França, 21, que trabalha no restaurante de Medicina Veterinária, na Ufba, afirmou que o fedor está insuportável. "Ontem estava pior, te garanto. Quando passei de carro, umas 17h30, mesmo com a janela, não tinha como não sentir. E continua esse odor insuportável. Vim aqui comprar pão porque não tem jeito, a gente não tem muitas opções em Ondina", diz.

Segundo o gerente da Delicatessen Ondina, Orlando Santiago, o esgoto afugentou os clientes. Para tentar contornar a situação, ontem, ele distribuiu máscaras para que os 40 funcionários pudessem continuar trabalhando. O segurança Antônio Carlos Pereira, 61, contou que os clientes reclamaram. “Cinco carros já encostaram aqui, mas quando os clientes desceram e sentiram o fedor, foram embora. Está todo mundo reclamando”, contou.