Salvador

Ônibus voltam a circular no fim de linha do bairro de Tancredo Neves

Depois que um coletivo foi incendiado na Rua Bahia, na sexta-feira (11), rodoviários mudaram itinerário

Da Redação Correio 24h com Bruno Wendel
- Atualizada em

Os ônibus voltaram a entrar no fim de linha do bairro de Tancredo Neves na manhã desta segunda-feira (14). O itinerário havia sido alterado no bairro desde que um coletivo foi incendiado na Rua Bahia, na noite de sexta (11).

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, os primeiros ônibus começaram a entrar no bairro por volta das 9h30. A decisão da categoria de voltar ao trabalho foi tomada depois de uma reunião entre o sindicato, a Secretaria de Mobilidade de Salvador (Semob) e a OT Trans.


"Os rodoviários decidiram voltar às atividades depois de se sentirem seguros com o efetivo policial que está dando suporte no bairro", afirmou Pedro Celestino, diretor de saúde e segurança do sindicato.

As viaturas policiais devem continuar fazendo rondas no bairro nesta segunda. "Está tudo normalizado, uma vitura continua posicionada no final de linha para garantir a traquilidade dos rodoviários e outras estão fazendo ronda na região", garante Sérgio Menezes, comandante da 1°CIPM/Pernambués.

Ainda de acordo com o diretor, os coletivos continuam sem circular no bairro do Stiep. "Por lá, é uma situação bem diferente do bairro da Tancredo, bem mais delicada, já que não há uma frota policial. Mas já solicitamos à polícia para voltar a normalidade da nossa frota", pontuou.

As chamas do veículo incendiado afetaram a fiação de fibra ótica do local, deixando parte dos moradores das ruas Bahia e Paraíba sem internet e telefone. A situação ainda não foi normalizada. Após o ataque ao coletivo, a polícia passou a fazer buscas para tentar prender um homem de apelido Devid do Canal acusado de atear fogo no veículo. Até o momento o acusado não foi preso.