Salvador

Para fugir de blitz, motorista capota veículo na Avenida Tancredo Neves

Em alta velocidade, carro bateu em muro; condutor não quis fazer bafômetro. Veja fotos

Redação Correio 24h

O motorista de um GM Corsa Classic capotou o carro e foi detido ao fugir de uma blitz de Lei Seca na madrugada deste domingo (23), na Avenida Tancredo Neves. As informações são da Transalvador. Em alta velocidade, o condutor que não foi identificado, não parou na barreira montada pelo órgão de trânsito e acabou perdendo o controle do veículo, que capotou nas imediações da loja Tok&Stok. Não houve vítimas.

(Foto: Transalvador/Divulgação)

O carro bateu em um muro de concreto e ficou parcialmente destruído. Ao ser abordado por agentes da Transalvador e guardas municipais, o condutor se recusou a realizar o teste do bafômetro, e por isso foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia. Quando o motorista se recusa a fazer o teste do bafômetro, é notificado por infração gravíssima e precisa pagar R$ 2.934,70. Além disso, o direito de dirigir fica suspenso por 12 meses.

Qualquer concentração de álcool no sangue pode fazer com que o condutor sofra penalidades - administrativas ou criminais. Quando a quantidade de álcool é superior a 0,3 miligrama por litro de ar alveolar, a infração é caracterizada como crime e a pena é detenção de seis meses a três anos, além das medidas administrativas, como multa de R$ 2.934,70 e suspensão da CNH ou proibição de se obter o direito de dirigir.  

Desde o início deste ano, 2.812 motoristas foram autuados por dirigir após beber, em Salvador. Ao todo, de acordo com a Transalvador, 22.124 condutores foram abordados nas blitze da Lei Seca, que têm acontecido diariamente, e 19 pessoas foram encaminhadas à delegacia por crime de trânsito – quando o teor alcoólico é superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, segundo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).