Salvador

PM é baleado no peito após ser reconhecido durante assalto em Brotas

Soldado da PM estava com dois amigos quando foi abordado por cinco homens

Tailane Muniz, do Correio 24h
- Atualizada em

O Policial Militar, Uibirá de Cerqueira Barbosa, 33 anos, foi baleado na madrugada desta quinta-feira (22), no bairro de Brotas, durante um assalto. O soldado é lotado na Base Comunitária do Nordeste de Amaralina.

Segundo informações do registro feito pela Polícia Civil, o policial estava com dois amigos quando foi abordado por cinco homens, na altura da localidade da Polêmica. Os assaltantes levaram celulares e dinheiro dos três.

Foto:Mauro Akin Nassor/CORREIO

O soldado da PM foi reconhecido pelos bandidos, que roubaram sua arma, e atiraram logo em seguida no policial. Ele foi atingido no lado esquerdo do peito e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde passa por uma cirurgia. Os amigos que estavam com ele não foram feridos.

Conforme Boletim de Ocorrência do HGE, o soldado resolveu ir ao encontro de duas amigas em Brotas, acompanhado de um amigo, e decidiram entrar pela Polêmica.

Lá, segundo informou um amigo que estava com o soldado eles foram abordados por seis homens armados que ordenaram que descessem do carro. Em seguida, os homens revistaram os dois, segundo o amigo relatou no HGE. O soldado portava duas armas, que foram encontradas pelos bandidos.Um revólver calibre 38 é uma pistola 380.

Os homens perguntaram se a vítima era PM e atirou em seguida. As duas armas foram roubadas pelos badidos, que fugiram em seguida. Os bandidos chegaram a dar uma coronhada em um amigo do PM.

Em nota, a Polícia Militar afimou que o militar foi atingido  na Rua da Galiza, na localidade conhecida como Polêmica no bairro de Brotas. "O militar, que estava de folga, passava pela localidade num veículo com outros passageiros, quando cerca de cinco indivíduos armados mandaram todos desembarcarem. Ao perceberem que um dos ocupantes estava armado, os criminosos dispararam e fugiram", destacou a coorporação. 

A PM informou que em 2017 foram 20 policiais militares mortos e um em 2018. Não há números de PMs baleados.