Salvador

PM que matou juiz em briga de trânsito no Iguatemi vai a júri popular hoje

Crime aconteceu no dia 10 de julho de 2010, quando o soldado e o juiz tiveram uma discussão no trânsito, próximo ao Shopping Iguatemi

Redação Correio 24h
Quase oito anos após matar a tiros o juiz Carlos Alessandro Pitágoras Ribeiro em uma briga de trânsito, o soldado da Polícia Militar Daniel dos Santos Soares vai a júri popular às 8h desta terça-feira (27) no Fórum Ruy Barbosa, em Nazaré. O homem foi indiciado pelo Ministério Público por homicídio doloso qualificado e porte ilegal de arma. O Policial Militar alega legítima defesa, mesma conclusão do inquérito policial. 
Foto: Reprodução/Acervo Pessoal
O crime aconteceu no dia 10 de julho de 2010, quando o soldado e o juiz tiveram uma discussão no trânsito, próximo ao Shopping Iguatemi, em Salvador. Segundo o relato do procedimento investigatório, Daniel e Alessandro pararam simultaneamente os carros em local proibido e desceram do carro armados. Daniel fez dois disparos em Alessandro, que morreu antes de ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).