Salvador

Polícia desarticula quadrilha que desviava botox para o comércio clandestino

Grupo utilizava nome de famoso médico para comprar produtos

Redação Correio 24h

A Polícia Civil prendeu quatro pessoas acusadas de fazerem parte de uma quadrilha que comercializava produtos estéticos de forma irregular. Conforme a polícia, cerca de 800 unidades de itens de venda controlada - como botox, anabolizantes, micro-agulhas e aparelhos para rejuvenescimento - foram apreendidos com os suspeitos.

Identificados como Alisson Souza de Araújo, Flávio dos Santos Fraga, Flávia Peçanha Martins de Cavalcanti e Geniff Louise Batista Coutinho, eles são acusados de utilizar o nome de um médico famoso, cujo nome não foi divulgado, para facilitar a compra dos produtos junto aos fornecedores.

Os presos serão apresentados à imprensa na tarde desta segunda-feira (21), no auditório do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), na sede da Polícia Civil, na Piedade.