Salvador

Polícia divulga retrato falado de agressor de travestis na Pituba

Homem pode ser indiciado por lesão corporal e tentativa de homicídio

Redação Correio 24h

A Polícia Civil divulgou o retrato falado do agressor de travestis na Pituba na tarde desta segunda-feira (12). O homem é descrito como alto - aproximadamente  1,82m -, de cor de pele parda escura, magro e com cavanhaque. O retrato foi feito com base nos testemunhos de duas vítimas ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Foto: Divulgação

A delegada Maria Selma Pereira Lima, titular da 16ª Delegacia de Polícia - Pituba, está no aguardo do envio das imagens câmeras de estabelecimentos comerciais na Rua Minas Gerais para identificar o agressor. O homem pode ser indiciado por lesão corporal e tentativa de homicídios

 

Mais uma travesti foi atacada na manhã do último domingo (11), em Cruz das Almas. Ela fez o programa em casa e quando o mesmo não quis pagar o valor cobrado e ele a esfaqueou no rosto, no pescoço, no peito e na barriga. A garota perdeu muito sangue e foi trazida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Nenhum registro foi feito na delegacia do município. 

Relembre o caso

Pelo menos quatro travestis já foram atacadas pelo homem, que atua sempre na madrugada atacando quem faz programa na Rua Minas Gerais. Todas elas relataram terem sido agredidas a facadas no rosto. Assustadas, apenas duas registraram boletim de ocorrência. Elas estão sendo acompanhadas pela Defensoria Pública do Estado da Bahia.