Salvador

Prefeitura amplia horários de shoppings e libera algumas atividades em Salvador

Todas essas flexibilizações começam a valer na segunda-feira (7)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O prefeito ACM Neto anunciou nesta quarta-feira (4), a flexibilização de algumas atividades suspensas pela pandemia do novo coronavírus na capital. De acordo com o site Correio, além da extensão de serviços que já estavam liberados, ele também afirmou que os cursos livres podem voltar a funcionar seguindo um protocolo específico para o setor.

Os cursos livres, que incluem aulas de idiomas, profissionalizantes e de informática, poderão funcionar de segunda a sábado, das 10h às 19h. A prefeitura recomenda que alunos do grupo de risco não frequentem as aulas.

"Horário de início e final serão escalonados para evitar aglomeração pra entrar e sair. A carga horária será de 4h por aluno. Estamos exigindo intervalo mínimo de 15 min em cada aula pra realizar a higienização adequada. O número de alunos estará limitado a 50% da capacidade máxima da sala. Distanciamento de 1,5 será exigido entre uma cadeira e outra. É uma regra que a gente não abre mão. Todas as salas vão precisar de marcação. Precisam medir a temperatura de todos envolvidos diariamente. Uso obrigatória de máscara em todo o momento. Não pode, em hipótese alguma, tirar a máscara. Os cursos que possam conciliar a metologia a distância, nós recomendamos isso", disse Neto.

O prefeito relatou também que não se trata da volta da educação e que o retorno às aulas segue sem previsão. "Curso livre não tem a mesma característica, são salas normalmente com menos alunos, pessoas com maior idade, cursos de carga horária menos intensiva, estabelecimentos menores".

Já os cursos de reciclagem de vigilantes, poderão funcionar das 9h às 19h. As atividades devem  seguir as mesmas regras dos outros. O prefeito também destacou que a autorização não inclui todo tipo de curso. "Aula de dança: não pode voltar por enquanto. Prática de lutas marciais: não pode voltar. Não são todos os cursos livres que estão autorizados. Aqueles que dependem de contato pessoal não estão permitidos".

Shoppings, academias e templos

Os shoppings poderão funcionar a semana toda, incluindo domingos e feriados, das 12h às 20h. O mesmo acontece com as academias de ginástica. "Nem todas abrem no domingo, mas a que quiser abrir vai poder funcionar no domingo e feriado, sem restrição de horário", explicou. Todas essas flexibilizações começam a valer na segunda (7).

Também haverá um aumento de capacidade de ocupação permitida para templos religiosos. "Em relação aos templos religiosos, teremos duas hipóteses para os templos: ou 30% ou 100 pessoas. Vale o limite que for mais permissivo para os templos. O que não muda é a necessidade de distanciamento de um metro e meio entre os ocupantes", disse o prefeito.

Voz e violão e self service

Neto também destacou que está permitida a voz de música ao vivo em bares e restaurantes, na modalidade voz e violão. "Banda tá proibida, quero deixar aqui bem claro. Não há hipótese de banda. É voz e violão. Mais do que isso é banda, não tá permitido. Vamos permitir a música ao vivo somente assim", contou Neto.

Outra mudança é para restaurantes que permitem o self service, ou autosserviço. Os clientes vão poder voltar a se servir, mas os restaurantes devem fornecer luvas descartáveis. "Uma luva por cliente", disse Neto.

Já sobre a liberação para teatro e cinema, Neto relatou que isso "está no horizonte", mas pediu calma.