Salvador

Prefeitura cria call center para informações sobre coronavírus

Canal é exclusivo para tirar dúvidas da população sobre a doença

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A Prefeitura de Salvador disponibilizou nesta sexta-feira (27) um canal exclusivo para a população se informar e tirar dúvidas sobre o novo coronavírus. O serviço acontece através do Disque Salvador 160 e vai funcionar 24 horas por dia. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto, durante a inauguração da Unidade de Acolhimento de Permanência Breve, ocorrida pela manhã, na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô).

Foto: Bruno Concha/Secom

O órgão estava tendo dificuldade para responder a todos os chamados, diante do grande fluxo de ligações. Do último dia 15 de março até a última quinta-feira (26), a Ouvidoria recebeu 47 mil ligações. Com isso, o canal do Fala Salvador 156 vai funcionar para as outras demandas do cotidiano da cidade, a exemplo de solicitação de manutenção e de serviços públicos, entre outras.

Segundo o prefeito, os principais objetivos com a criação do novo call center, estruturado especificamente para a demanda, é aproximar a Prefeitura do cidadão, o que ajudará no combate às fake news. “Por isso, estamos reforçando os nossos canais de comunicação, ampliando a nossa equipe de colaboradores para manter o cidadão informado e, é claro, permitir que a cidade possa, no mais rápido espaço de tempo possível, vencer o coronavírus”, afirmou ACM Neto.

Funcionamento 

Ao ligar para o 160, o cidadão poderá escolher uma das opções oferecidas pelo serviço eletrônico. Os atendentes vão poder receber, por exemplo, denúncia de algum estabelecimento, bar ou restaurante que não esteja atendendo regras e normas estabelecidas pelo município; dúvidas sobre o trabalho da Prefeitura em relação ao coronavírus; funcionamento dos postos de saúde, dos hospitais do município; e sobre a vacinação contra a gripe.

“Apesar de todo o esforço que nós tivemos através do 156, estávamos tendo muitas ligações, o que levou o prefeito a tomar essa medida. Isso nos possibilitou, como estratégia, direcionar o 160 como canal exclusivo para dar o suporte relacionado ao coronavírus. A nossa expectativa é agilizar o máximo possível as demandas, com atuação através de 20 pontos de atendimento e profissionais treinados para atender a população”, disse o ouvidor-geral Humberto Viana.