Salvador

Preso suspeito de matar segurança com 23 tiros

José Antônio Lisboa nega participação no assassinato de Uelinton Oliveira Santos, em Cajazeiras XI

Redação Correio 24h

Policiais militares prenderam nesta quinta-feira (8) um dos suspeitos de participar do assassinato do segurança Uelinton Oliveira Santos, 32, em Cajazeiras XI, morto com 23 tiros dentro do próprio carro. José Antônio Lisboa, o Neto, 25 anos, é traficante e foi detido numa localidade conhecida como Moscou, em Castelo Branco.

Neto nega participação no crime, mas a delegada titular da 2ª Delegacia de Homicídios, Ana Cristina Oliveira, apontou que há diversos indícios de que ele e mais duas pessoas tenham envolvimento na morte do segurança. “Já colhemos imagens de câmeras de seguranças próximas do local do crime e estamos analisando. Isso ajudará a provar a participação de Neto no homicídio de Uelinton”, explicou Ana Cristina.

Foto: Divulgação

O traficante foi detido por policiais do 47º Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), que receberam informações de que ele estaria vendendo drogas em Moscou. Ao perceber a chegada dos PMs, Neto tentou esconder o material em uma casa, porém sem sucesso. 

Com o suspeito, foram encontrados 115 pinos de cocaína, 83 pedras de crack, uma caderneta de anotações do tráfico e R$ 123. Ele foi preso em flagrante por tráfico e associação para o tráfico e está à disposição da Justiça. Neto já tinha passagem pelo primeiro crime. 

O crime

O segurança Uelinton Oliveira Santos foi assassinado na manhã da última terça-feira (6), no bairro de Cajazeiras XI. Assim que estacionou o carro, antes mesmo de descer, foi surpreendido por homens armados. 

Segundo testemunhas, um carro parou ao lado do veículo em que Uelinton estava. Um homem desceu e, com uma pistola 9mm, atirou diversas vezes contra o segurança. O bandido voltou para o veículo e fugiu. Ueliton foi atingido por 23 disparos e morreu no local. 

A polícia acredita que o crime tenha sido cometido por traficantes. Eles acreditavam que Uelinton estava repassando informações para a polícia.