Salvador

Projeto "Escolas de Drags" ensina arte drag queen em aulas gratuitas

Não há pré-requisitos necessários para inscrição

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A "Escola de Drags" chega para a sua segunda edição, na busca de dar visibilidade a arte drag queen e pelo respeito, representatividade e reconhecimento dos direitos dos LGBTQIA+. As inscrições para o projeto são gratuitas e podem ser feitas até o dia 15 de fevereiro através deste link.

Nesta segunda edição, serão seis módulos, desenvolvidos em dois meses de aulas, de forma remota, via plataforma Zoom. Além de formação artística, as atividades trabalharão também a formação teórica e política, passando pela história da arte drag e sua importância no cenário político LGBT mundial, e chamando atenção também para o fomento do empreendedorismo dessas artistas nas áreas de entretenimento e arte. Além de Aimée Lumiére e Spadina Banks, o projeto convida também as artistas Bia Mathieu e Malayka SN, todas expoentes da crescente cena drag soteropolitana.



Não há pré-requisitos, o desejo de se lançar no universo drag queen é a única prerrogativa de participação. Ao final das atividades, será possível conhecer as novas drags através de uma noite performativa, que marcará o encerramento do projeto em março. Os interessados podem ter mais informações nos perfis da produtora DAN no Instagram.