Salvador

Projeto leva ludicidade e reflexão racial para população em contexto de rua

Bairros de Salvador vão contar com atividades artísticas, nos dias 29 e 30 de novembro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
O programa 'Corre pro Abraço' realizará uma nova ação para promover a ludicidade e reflexão racial com pessoas em situação de rua. Nos próximos dias 29 e 30 de novembro, os bairros do Aquidabã e Comércio recebem a intervenção urbana “De Reis e Rainhas na África aos Quilombos no Brasil.A ação faz parte do Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e no âmbito das comemorações do Novembro Negro. Serão quatro espaços para atividades de arte educação, como escrita ou declamação de poesias, expressões musicais, dança e teatro, tanto na Praça Tiradentes (conhecida como Praça das Mãos), no Comércio, quanto na Estação do Aquidabã na Baixa dos Sapateiros.
Foto: Divulgação/ GovBA
As atividades vão acontecer em cada bairro a partir das 14h, com abertura da Banda Som na Praça, seguida de apresentações do poeta, ativista e escritor Nelson Maca e dos MCs Xarope e Gug.O projeto nomeou cada circuito como nomes de personalidades negras inspiradoras: o líder quilombola Zumbi dos Palmares, a intelectual Lélia Gonzalez, a escritora Carolina Maria de Jesus e “Professor Arnaldo” - Arnaldo Farias de Santana -, pessoa em situação de rua que faleceu em 2015.“O objetivo das intervenções urbanas no Corra pro Abraço é chamar atenção da cidade para os espaços de concentração dessa população, para suas condições de vida e para o abandono e degradação desses locais”, afirmou Jamile Carvalho, coordenadora do programa. Ao longo dos três anos de existência, o Corra pro Abraço já realizou seis intervenções nesses espaços, sempre em parceria com a população em situação de rua e a comunidade local.