Salvador

Roberto Appel recebe título de Cidadão Soteropolitano

Há 16 anos na TV Bahia, o jornalista relembrou sua mudança para a Bahia e momentos da carreira

Raquel Saraiva, do Correio 24h

O diretor de Jornalismo da TV Bahia, Roberto Appel, 71 anos, recebeu na noite desta terça-feira (12) o título de Cidadão Soteropolitano. A sessão solene foi realizada na Câmara Municipal de Salvador (CMS) e presidida pelo vereador Leo Prates (DEM), presidente da Casa.

Foto: Arisson Marinho/CORREIO
Na mesa, além do homenageado e do presidente, também se sentaram o secretário municipal de Comunicação, Paulo Alencar, o secretário de Comunicação do estado, André Curvello, o presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Júnior, a vereadora que propôs a homenagem, Lorena Brandão (PSC), a cantora Daniela Mercury, além de representantes das Forças Armadas.

Em seu discurso, o catarinense Appel relembrou sua mudança para a Bahia e momentos da carreira. Um vídeo produzido pela equipe da Rede Bahia resgatou a história pessoal e trajetória profissional do diretor e contou com depoimentos do neto, de funcionários da Rede Bahia e do diretor-geral da Globo, Carlos Henrique Schroder. Muito aplaudido, Appel se emocionou: “Esse título marca minha carreira e minha vida”, afirmou. O título foi entregue por sua esposa, a professora de Filosofia Daphne Appel.

“É extremamente significativo esse título nesse momento. É reflexo daquilo que a gente fez, daquilo que a gente foi, do trabalho que foi feito voltado para satisfazer nosso telespectador, nosso público, e que proporcionasse todas as condições para que nossos funcionários trabalhassem no melhor ambiente possível”, afirmou Appel, ao CORREIO.

Ele é natural de Brusque, em Santa Catarina, tem 71 anos e está à frente da direção de Jornalismo da Rede Bahia há quase 16 anos. “Estou fazendo 16 anos de Rede Bahia em fevereiro e 50 anos de carreira. Pra mim, o título é um coroamento dessa situação, é um reconhecimento. Estou fechando com chave de ouro e muito feliz”, afirmou. Appel se aposentará em fevereiro.
Foto: Arisson Marinho/CORREIO
O presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Júnior, falou do homenageado. “Appel é um dos grandes profissionais do jornalismo brasileiro e está conosco há mais de 15 anos. O serviço que ele tem prestado à Bahia e a Salvador, em particular, é de extrema relevância. Essa homenagem é mais que merecida”, disse.

Autora da resolução que entregou o título a Appel, a vereadora Lorena Brandão falou da importância do título. “Durante a sua vida, ele emprestou uma parcela da sua existência para nossa cidade, com seu olho clínico de jornalista. Ele refletiu isso para o nosso povo, por isso ele merece o reconhecimento de Salvador. A cidade ganha e cresce com esse cidadão, que agora também é soteropolitano”, declarou.

Líderes comunitários estiveram presentes e também homenagearam o jornalista. "O senhor passou a mostrar o que é”, afirmou o presidente da Central de Líderes Comunitários, Ailton Soares, que lhe entregou uma placa em homenagem ao trabalho desenvolvido por Appel na Rede Bahia.

A cantora Daniela Mercury abriu a cerimônia cantando o Hino Nacional. “Fiquei muito lisonjeada de fazer essa homenagem e devolver isso que ele deu para todos nós. Espero que ele continue por aqui contribuindo conosco. Hoje, ele definitivamente se torna parte da família baiana”, disse.
Foto: Arisson Marinho/CORREIO
A cantora afirmou que a relação com Appel se dá também através de sua esposa, a jornalista Malu Verçosa “Eu tenho uma visão até mais próxima dele através do olhar de Malu, que teve a chance de trabalhar por 10 anos com ele e sempre nutriu uma admiração muito grande”, acrescentou a artista. Ela encerrou a cerimônia com Canto da Cidade, porque soube que Appel era fã da música e do Carnaval de Salvador. Quase 200 pessoas, entre elas muitos funcionários da Rede Bahia, foram à cerimônia.