Salvador

Rui Costa pontua importância da participação do Estado em festas tradicionais

Governador prestigiou a primeira noite de festa em Paripe, subúrbio ferroviário de Salvador ao lado da primeira-dama

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
Foi dada a largada para o São João da Bahia. O feriado nacional só acontece mesmo no dia 24 de junho, mas a capital baiana e outras cidades do estado já se adiantaram e começaram os festejos juninos na noite da última quinta-feira (22). O governador do estado, Rui Costa, fez questão de prestigiar a primeira noite de festa em um dos pontos da cidade, na praça João Martins, no bairro de Paripe, no subúrbio ferroviário de Salvador.
(Reprodução: Paula Fróes/GOVBA)
Acompanhado da primeira dama, Aline Peixoto, o governador salientou a importância do apoio as festas típicas do estado, que neste ano conta com a participação direta do Governo do Estado na contratação de atrações. 
(Reprodução: Paula Fróes/GOVBA)
Para Rui Costa, é fundamental para que os municípios aproveitem o período junino para movimentar a economia em meio a um contexto de crise no país. "Além de uma tradição cultural que precisa ser mantida e potencializada, o São João da Bahia também é uma atividade econômica para as cidades baianas. Acredito que o São João é para o interior, proporcionalmente, o que o Carnaval é para Salvador. Gera renda, atrai visitantes. As pessoas alugam suas casas, pousadas e hotéis ficam lotados e o comércio local é movimentado. Por isso é importante a participação do Estado para que as festas aconteçam", declara.