Salvador

Salvador realiza mutirão para cadastramento de adolescentes com comorbidades

Nesta sexta-feira (6) todas as unidades básicas de saúde da capital oferecerão o serviço

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

As 155 unidades básicas da capital baiana participarão nesta sexta-feira (6) do mutirão para atualização e/ou cadastro dos adolescentes entre 12 e 17 anos com as doenças crônicas (comorbidades) ou deficiência física elencadas no Plano Nacional de Imunização na base municipal para habilitação na estratégia de vacinação contra Covid-19. 

O mutirão acontece das 08h às 16h e o objetivo é facilitar o acesso do grupo à habilitação na estratégia. A lista subsidiará a Secretaria Municipal da Saúde no planejamento da imunização desse grupo, assim que o governo federal em pactuação com a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) habilitarem o público para estratégia.  

Antes de se dirigir ao posto, o paciente precisa consultar seu nome na plataforma digital da Secretaria Municipal de Saúde através do site

Até o momento, cerca de 1.200 jovens com comorbidades e deficiência já estão cadastrados no município. 

“Nossa cidade é reconhecida nacionalmente pela eficiência e bom planejamento na aplicação da vacinação. Essa ferramenta digital que deverá ser utilizada pelos médicos, a fim de atestarem a comorbidade dos seus pacientes para que os mesmos tornem-se aptos à vacinação. Quando tivermos a sinalização do governo federal e CIB para iniciar a aplicação da vacina desse público, já teremos a lista para que possamos fazer o melhor planejamento da estratégia”, explicou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

Veja a lista de comorbidades que puderam se vacinar até agora:

Doença renal crônica

Síndrome de Down

Transplantados*

Imunossuprimidos (HIV)

Pneumopatias crônicas

Insuficiência cardiáca

Hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Sindromes coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias

Pericardiopatias

Doenças da Aorta

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênita no adulto

Prótese valvares

Dispositivos cardíacos implantados

Hipertensão arterial (HAR)

Obesidade mórbida

Doença cerebrovascular

Doenças hepáticas crônicas/Cirrose hepática

Diabetes mellitus

Anemia falciforme