Salvador

Salvador terá assistente virtual para orientar população sobre coronavírus

Nomeada como Jana, ela poderá ser acessada pela internet

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O prefeito de Salvador, ACM Neto, apresentou nesta terça-feira (14) a assistente virtual Jana, que será um canal de comunicação para tirar dúvidas e orientar a população sobre o coronavírus. A novidade poderá ser acessada através de um site por meio de smartphone, computador ou tablet.

Os detalhes da iniciativa foram apresentados nesta terça-feira (14) pelo prefeito, acompanhado do vice-prefeito Bruno Reis e do diretor de Modernização e Tecnologia de Gestão (DMTG), Luís Gaban, em coletiva online realizada a partir do Palácio Thomé de Souza. A ferramenta foi desenvolvida pela DMTG, vinculada à Secretaria de Gestão (Semge), com apoio da Companhia de Governança Eletrônica (Cogel) e Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Foto: Max Haack/Secom

Ao acessar o site, o cidadão acessa com informações sobre o que é o coronavírus, como a doença é transmitida e formas de prevenção. Caso alguém esteja sentindo sintomas suspeitos e esteja em dúvida de como proceder, é possível fazer um teste respondendo a uma série de perguntas relacionadas ao próprio estado de saúde. O questionário envolve opções de respostas “sim”, “não” e múltiplas escolhas.

O prefeito ressaltou que foram feitas várias combinações, todas elas a partir das informações técnicas e com supervisionamento científico dos técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, para que fossem dadas as orientações corretas a quem faz a consulta à assistente virtual. “Outras ferramentas já estão sendo pensadas e o objetivo é ampliar as informações, estreitar a comunicação com o cidadão, conscientizar as pessoas e tirar dúvidas utilizando há de mais moderno em termos de tecnologia”, afirmou ACM Neto.

Com base na combinação dos dados, Jana pode dar cinco orientações, tais como praticar isolamento domiciliar, ficar em casa e continuar tomando medicamentos habituais, observar a evolução dos sintomas por 24 horas, necessidade de uma avaliação médica em uma unidade de saúde ou de pronto atendimento.

Reforço
O site também dispõe do Mapa da Saúde, que apresenta os endereços de todos os postos municipais de saúde da capital baiana. A ferramenta conta ainda com informativos de ações feitas pela Prefeitura para enfrentar o coronavírus na capital baiana, a exemplo das medidas restritivas e iniciativas socioassistenciais implementadas.

“A ideia dessa ferramenta é tornar mais humanizada essa passagem de informação utilizando a tecnologia. Além disso, o objetivo também é diminuir o fluxo de ligações para o Fala Salvador 156 e Disque Salvador 160. Às vezes, a pessoa está apenas com um resfriado e liga para esses números por não ter outro canal para tirar dúvidas”, explica o diretor Luis Gaban.