Salvador

Santa Bárbara abre calendário de festas populares em Salvador; veja programação e serviços

O dia de Santa Bárbara é iniciado com uma missa na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Largo do Pelourinho, pela manhã

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A tradicional Festa de Santa Bárbara, celebrada nesta quarta-feira (4), terá mobilização de alguns setores da Prefeitura. O evento ocorre no Centro da capital baiana desde 1641 e abre o calendário de festas populares da cidade.

Foto: Bruno Concha/Secom
A santa é conhecida como protetora contra relâmpagos e tempestades. Assim como em todos os festejos do período, que combinam a religiosidade católica com rituais de origem afro-brasileira, a Festa de Santa Bárbara também homenageia a orixá Iansã para adeptos do Candomblé. Por isso, os devotos costumam ofertar caruru e acarajé, além de se vestirem nas cores vermelho e branco, símbolos de veneração à entidade.

O dia de Santa Bárbara é iniciado com uma missa na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Largo do Pelourinho, pela manhã, seguida de uma procissão pelas ruas do Centro Histórico até a Rua Joaquim Seabra (Baixa dos Sapateiros).

Programação religiosa

No dia dedicado à Santa, nesta quarta-feira (4 de dezembro) os devotos farão uma alvorada festiva às 5h, seguida de repique de sinos às 6h. A Missa campal será às 8h, presidida pelo capelão, padre Jonathan de Jesus da Silva. Logo após a Celebração Eucarística acontecerá uma procissão, que sairá da Igreja do Rosário dos Pretos, passará pelas ruas Gregório de Mattos, João de Deus, Terreiro de Jesus, Praça da Sé e Ladeira da Praça.

Ao chegar ao Corpo de Bombeiros (Barroquinha), os devotos farão uma parada para homenagear a padroeira da corporação e, logo após, seguirão para a Baixa dos Sapateiros, Rua Padre Agostinho e Pelourinho.

As homenagens também acontecerão na Igreja Santíssimo Sacramento da Rua do Passo, no Centro Histórico. No dia 3 de dezembro, às 15h30, quem desejar saber mais sobre Santa Bárbara poderá participar do colóquio “Origem e expansão da Festa de Santa Bárbara no Centro Histórico de Salvador: fé e tradição religiosa”, que será conduzido pela historiadora e membro do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), professora Lúcia Góes. Em seguida, por volta das 17h será celebrada a Missa.

Trânsito
O trânsito será modificado em algumas vias do Centro Histórico da cidade. Das 4h às 13h, haverá reserva de vagas para estacionamento dos veículos oficiais do Comando do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar na Ladeira da Praça em ambos os lados.

Entre 7h e 16h, será feito desvio do tráfego de veículos no cruzamento da Rua Siqueira Campos com a Rua Engenheiro João Pimenta Bastos, bem como na Avenida J.J Seabra (Aquidabã) e Rua Padre Agostinho Gomes.

Haverá interdição progressiva do trânsito a partir das 8h, na Praça da Sé, Rua da Misericórdia, Ladeira da Praça, Avenida José Joaquim Seabra (Baixa dos Sapateiros), Rua Padre Agostinho Gomes (antiga Rua Baixa dos Sapateiros / Museu Casa do Benin), com chegada ao Largo do Pelourinho.

Os veículos que trafegam nesses trechos terão com opção para viagem a Rua do Pau da Bandeira, Ladeira da Montanha, Ladeira da Conceição da Praia, Comércio, Túnel Américo Simas. Já quem trafega pelas avenidas Sete Portas e Mario Leal Ferreira (Bonocô) com destino a Baixa dos Sapateiros, poderá utilizar o Vale do Nazaré, Avenida Joana Angélica e Saúde.
Foto: Bruno Concha/Secom
Mobilidade
De acordo com a Secretaria de Mobilidade (Semob), os ônibus que circulam nas vias com interdição terão itinerários modificados com base nos desvios do trânsito efetuados pela Transalvador.

Limpeza
A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) montou um esquema especial de limpeza que vai contemplar diversos bairros que fazem parte do trajeto da procissão. Estarão envolvidos na operação 44 profissionais entre agentes e encarregados.  Além disso, cinco equipamentos como compactadores, caminhões e um caminhão pipa devem ser utilizados para dar apoio aos serviços de varrição, coleta e lavagem de vias, que serão realizados após o festejo.

A previsão é que as atividades sejam iniciadas a partir das 21h30, abrangendo os seguintes locais: Ladeira do Carmo, Rua do Passo, Terreiro de Jesus, Baixa dos Sapateiros, Mercados de São Miguel e Santa Bárbara, Rua das Flores, Rua Padre Agostinho Gomes, Rua Alfredo de Brito, Rua Gregório de Matos, Rua do Taboão, Pelourinho (Tereza Batista, Quincas, Pedro Arcanjo, Largo do Pelourinho e Terreiro de Jesus).

Prevenção à violência
A Guarda Civil (GCM) atuará durante o festejo com cerca de vinte agentes, que irão reforçar as atividades no Elevador Lacerda e Largo do Pelourinho, além de realizar patrulhamento preventivo motorizado em toda região do Centro Histórico.