Salvador

Suspeito de matar professor universitário no Rio Vermelho é preso

Latrocínio aconteceu em setembro deste ano. Danilo Fortuna chegou a ser socorrido, mas faleceu após passar três dias internado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um dos envolvidos no latrocínio (homicídio após roubo) do professor universitário Danilo Fortuna Mendes de Souza, de 36 anos, foi preso temporariamente nesta quarta-feira (14). O crime aconteceu em setembro deste ano, no bairro do Rio Vermelho, quando a vítima foi abordada por dois homens em uma moto e acabou baleada. Danilo chegou a ser socorrido, mas morreu após passar três dias internado no Hospital Geral do Estado (HGE).

Foto: Reprodução
Átila dos Santos Souza foi reconhecido pelas testemunhas e cumpria pena por outros crimes em regime semiaberto e estava foragido do sistema prisional. Ele responde a quatro processos por roubo e foi preso, no bairro de Engenho Velho de Brotas, no dia 1º deste mês.
Átila estava foragido do sistema prisional e foi preso nesta quarta-feira (14) (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
“Nós solicitamos a prisão temporária dele, que foi deferida pela Justiça, após as investigações apontarem sua participação no crime", explicou a delegada Marta Karine, coordenadora da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/ Atlântico), responsável pela prisão.
Outro suspeito envolvido no latrocínio, Anselmo da Conceição, está sendo procurado pela polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Outro envolvido no latrocínio do professor, Anselmo da Conceição, também está com um mandado de prisão em aberto e encontra-se foragido. Qualquer informação sobre o paradeiro do assaltante pode ser encaminhada à polícia por meio do para o disque denúncia (71) 3235-0000, para capital, e pelo 181, no interior. Não é necessário identificar-se.