Salvador

Suspeitos de matar jovem de 20 anos em passarela da Bonocô são presos

Gabriel Silva da Silva estava na casa da namorada na tarde do sábado (18) quando foi retirado do local à força por um grupo

Redação Correio 24h (redacao@correio24horas.com.br)
Três homens suspeitos de envolvimento na morte do jovem Gabriel Silva da Silva, 20, foram presos na noite de segunda-feira (19) no bairro de Cosme de Farias. O crime aconteceu na tarde do último sábado (18), quando Gabriel saia da casa da namorada, na localidade conhecida como Baixa do Tubo. De acordo com a Polícia Militar, a prisão ocorreu durante incursões da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT-A)/ Rondesp Atlântico, na localidade da Travessa Jaguarari, por volta das 23h.De acordo com a Polícia Militar, foram presos Wallace da Silva Marques, Ângelo Márcio de Silva Portugal e Alan Santos Oliveira; os dois últimos encontrados dentro de uma residência.Com Wallace da Silva Marques foram encontradas 19 trouxinhas de maconha. Já com os outros dois, presos dentro de casa, foram apreendidos R$ 985; três celulares; 17 pinos grandes de cocaína; 15 pinos pequenos de cocaína; 14 pedras de crack; 72 trouxinhas de cocaína; uma trouxa grande de cocaína;15 trouxinhas de maconha e 10 trouxas grandes de maconha. Segundo a Polícia Civil, o valor encontrado em dinheiro é proveniente da venda de drogas.Os presos e todo material apreendido foram apresentados ao Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). No final da manhã desta terça-feira (20), o trio foi apresentado no auditório do DHPP pela delegada Andreia Ribeiro, titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), e pelo major PM Guerra, da Rondesp.CrimeGabriel Silva da Silva estava na casa da namorada na tarde do sábado (18) quando foi retirado do local à força por um grupo de homens e levado até a passarela, onde foi assassinado."Pegaram, arrastaram ele até a passarela e mataram", disse o tenente Reis, da  58ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Cosme de Farias).Ainda de acordo com a polícia, Gabriel se despedia da namorada, que é moradora da Baixa do Tubo, quando foi levado. O rapaz levou vários tiros - eram visíveis ferimentos no peito, no queixo e na testa -, com características de crime de execução.Violência na BonocôNa sexta-feira (17), um tiroteio deixou dois assaltantes baleados na Avenida Bonocô. De acordo com a polícia, por volta das 12h30, três homens, incluindo Rafael Conceição de Carvalho, 22 anos, e Romário Batista Albuquerque, 20, abordaram uma mulher que saía da Igreja Adventista Central de Salvador, no Campo da Pólvora.Os três suspeitos roubaram o carro da vítima, um Chevrolet Onix, e seguiram, com ela, pela Avenida Bonocô - a intenção do grupo, segundo a polícia, era de cometer um sequestro relâmpago, além de roubar o veículo. Nesse momento policiais da 9ª Delegacia Territorial (DT/Boca do Rio), que conduziam um preso em uma viatura, perceberam a situação e começaram a atirar, na altura do Viaduto das Pitangueiras. Na última quarta, um homem morreu e o irmão ficou ferido durante um atentado na mesma avenida. O crime aconteceu por volta das 15h10, na terceira passarela da avenida - para quem segue da Rótula do Abacaxi sentido Dique do Tororó.De acordo com a Central de Polícia, alguns homens chegaram ao local em um veículo Gol preto e dispararam contra as pessoas que estavam no local. André Luís Sena Venceslau, 32 anos, foi baleado diversas vezes e morreu no local. O irmão dele, Icaró César de Sena Silva, 20, foi atingido no ombro esquerdo e no abdômen.
Correio24horas