Salvador

Técnicos são presos por causar prejuízo de R$ 10 milhões à telefônica Oi

Trio ofereceu a mais de 100 empresas links de internet com grandes velocidades e baixo custo, mediante pagamento de propina

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Os técnicos Reginaldo Cavalcanti Ramos, 57 anos, Valmir Batista dos Santos, 44, e Marcelo Florentino de Oliveira, 36, apontados como responsáveis por um esquema fraudulento que causou prejuízos de aproximadamente R$ 10 milhões à operadora de telefonia Oi, foram presos pela polícia.


Investigações do Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME/PC), iniciadas em 2012, revelaram que o trio ofereceu a mais de 100 empresas, em todo o estado, links de Internet com grandes velocidades e baixo custo, mediante pagamento de propina.


Segundo a polícia, os criminosos conseguiam invadir, por meio das centrais telefônicas da Oi, o sistema financeiro da empresa, alterando para baixo os valores das faturas dos serviços oferecidos. Uma conta de R$ 200 mil, por exemplo, era reduzida para R$ 100, dentro do esquema.


Mais detalhes da prisão serão apresentados nesta segunda-feira (14), no edifício-sede da Polícia Civil, na Piedade, na Piedade. A apresentação será conduzida pelo delegado Charles Leão, coordenador do GME.


Matéria original Correio 24h:

Técnicos são presos por causar prejuízo de R$ 10 milhões à telefônica Oi