Salvador

Tragédia de Mar Grande completa dois anos neste sábado (24)

Lancha Cavalo Marinho I virou na Baía de Todos-os-Santos no dia 24 de agosto de 2017

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O dia era 24 de agosto de 2017. O que era para ser mais uma travessia costumeira entre Salvador - Mar Grande, se tornou o mais trágico dos acontecimentos marítimos da Bahia em 10 anos, segundo dados da Marinha do Brasil. Há exatamente dois anos acontecia a Tragédia de Mar Grande. Foram 19 mortos e mais de 80 feridos no naufrágio da lancha Cavalo Marinho I. 

Uma missa foi marcada para a manhã deste sábado na igreja matriz da paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Vera Cruz. Depois da celebração, flores brancas vão ser jogadas no mar em memórias as vítimas no naufrágio.

Foto: Reprodução 

Em setembro do ano passado, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) aceitou a denúncia contra o responsável da empresa CL Transporte Marítimo, Lívio Garcia Galvão Júnior, proprietário da lancha, e o comandante da embarcação, Osvaldo Coelho Barreto.

A dupla vai responder pelo crime de homicídio culposo (sem intenção de matar) e lesão corporal culposa. A audiência foi marcada para o dia próximo dia 5 de setembro. Até lá, a empresa responsável pelo veículo marítimo segue operando normalmente. 

Vale lembrar que a Justiça de Itaparica determinou, provisória e preventivamente, o bloqueio de bens móveis, imóveis e direitos creditícios do dono da embarcação.