Salvador

UFBA suspende as atividades na noite desta quarta-feira (28)

O Sindicado dos Vigilantes decretou greve por tempo indeterminado na última terça-feira (27)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A UFBA suspendeu as atividades na noite desta quarta-feira (28). A decisão foi tomada por unanimidade, após o Conselho tomar conhecimento da informação de que a empresa MAP persiste no propósito de suspender o contrato de prestação de serviços de vigilância.

Em nota, a universidade explicou que segue em tratativas com o Ministério da Educação (MEC), a fim de obter o desbloqueio total do orçamento previsto na Lei Orçamentária Anual, que lhe permitirá regularizar os pagamentos a seus fornecedores.

Greve dos vigilantes

Os vigilantes que prestam serviço para a Universidade Federal da Bahia  (UFBA) decretaram greve por tempo indeterminado nessa terça-feira (27). A decisão foi tomada por uma assembleia realizada nesta manhã na portaria do campus de Ondina. As informações são do G1 Bahia.

De acordo com o Sindicado dos Vigilantes  (Sindivigilantes), a instituição de ensino possui uma dívida de mais de 15 milhões com a empresa que possui o contrato de terceirização de cerca de 380 vigilantes que trabalham no local.



A categoria disse ainda ao G1 Bahia que a empresa garantiu o salário deste mês, mas não garante o pagamento dos outros meses. Por este motivo, o sindicato decidiu paralisar as atividades.

O iBahia tentou entrar em contato com a UFBA para saber se as aulas seguirão normalmente ou serão suspensas, mas não obteve retorno.