Salvador

Vacinação contra gripe em Salvador será dividida em três etapas; veja calendário

Meta da Prefeitura é alcançar 90% dos grupos prioritários

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Durante uma coletiva realizada na manhã deste sábado (10), o prefeito de Salvador, Bruno Reis anunciou que a campanha de vacinação contra a gripe em Salvador, que começa na segunda-feira (12), será realizada em três etapas. De acordo com o G1 Bahia, a meta da Prefeitura é alcançar 90% dos grupos prioritários.

Foto: Reprodução

Segundo o prefeito, de 12 de abril a 10 de maio, serão vacinados crianças de seis meses a seis anos, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde. Já de 11 de maio a 8 junho, a imunização será para pessoas a partir de 60 anos e professores.

De 9 junho a 9 de julho, serão vacinados pessoas com comorbidades, deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte, portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e jovens em medidas sócioeducativas.

Conforme Bruno Reis, prefeito as pessoas que fazem parte do público alvo da vacina contra a covid-19 devem dar um intervalo de 14 dias entre a imunização do coronavírus e a da gripe.

Confira calendário e esquema da vacinação da gripe:

1ª Fase de 12/04 a 10/05 (crianças de seis meses a seis anos, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde) 

Crianças

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação em drive-thru kids (Shopping Barra)

Gestantes e puérperas

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação nos ambulatórios de pré-natal
Vacinação nas maternidades
Vacinação em drive-thru

Trabalhadores da Saúde

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação em drive-thru

2ª Fase de 11/05 a 8/06 (idosos a partir de 60 anos e professores)

Idosos

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação em drive-thru
Vacinação em domicílio
Vacinação em Instituição de longa permanência

Professores

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação articulada junto às escolas

3ª Fase de 9/06a 9/07 (pessoas com comorbidades, deficiências permanentes, caminheiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e jovens em medidas sócioeducativas).

Comorbidades

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação nos serviços de referência

Pessoas com deficiência

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação nas instituições de longa permanência

Caminhoneiros

Vacinação em salas de vacinação
Vacinações em locais de carga e descarga
Vacinação em drive-thru

Trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e delongo curso

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação nas garagens de ônibus
Vacinação em drive-thru

Trabalhadores portuários

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação na região portuária

Força de segurança e salvador e Forças Armadas

Vacinação em salas de vacinação
Vacinação nos quartéis e sedes dos grupamentos

Funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e jovens em medidas socioeducativas

Vacinação in loco nas instituições