Salvador

Veja como vai ficar o Parque da Cidade após requalificação; ordem de serviço foi assinada nesta segunda-feira (24)

Investimento é de R$11 milhões. Prefeitura estima que qualificação fique pronta em até seis meses

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Foi assinada nesta segunda-feira (24) pelo Prefeito ACM Neto a ordem de serviço  obras de requalificação do novo Parque da Cidade. No projeto, praça de skate, espaço para meditação, ciclovia e brinquedos acessíveis para crianças com deficiência são alguns destaques que terão investimentos de aproximadamente R$ 11 milhões serão investidos no projeto, sendo R$ 6 milhões da Prefeitura e R$ 5 milhões da Petrobras, como contrapartida para obras realizadas no município.

A estimativa é que a requalificação fique pronta em um prazo de seis meses, a partir do início dos trabalhos pela empresa vencedora da licitação, a AIF. Entre as mudanças está a implantação de um gradil que vai circundar quase todos os 70 hectares do parque. Haverá um portão de acesso integrando o espaço à comunidade vizinha de Santa Cruz, onde hoje existe um muro.

Uma das grandes inovações do projeto é o parque infantil dotado de brinquedos para crianças com deficiência ou dificuldade de locomoção, promovendo o convívio com outras pessoas. A acessibilidade estará presente ainda em rampas e piso tátil. A prática de exercícios está garantida pela instalação de uma estação de ginástica. Haverá também uma área específica para prática de slackline."Procuramos fazer um projeto completo que dialogasse com as principais preocupações no esporte, cultura, lazer, tudo com acessibilidade, e esse será um parque em perfeita sintonia com toda a vizinhança. E sabemos que uma área de 72 hectares precisa de proteção. Criamos a Guarda Ambiental para o cuidado com os parques, vamos trabalhar também com videomonitoramento e queremos contar também com a participação e colaboração da Polícia Militar, além da comunidade. Esse será um compromisso de todos. Quero ver aqui a mesma fotografia que vejo em São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira e na Barra, com as pessoas voltando a viver a cidade", afirmou o prefeito.