Salvador

Via Bahia inicia trabalho de contenção em cratera na BR-324

Buraco tem aproximadamente 18 metros de comprimento e sete de profundidade

Da Redação Correio 24h
- Atualizada em

Funcionários da Via Bahia, concessionária responsável pela administração da BR-324, iniciaram nesta sexta-feira (07) a contenção na cratera aberta na via marginal da rodovia na madrugada da última quarta. O trabalho segue até domingo (9). Na próxima semana, segundo a assessoria de comunicação da empresa, serão iniciadas as obras de recuperação da pista.


Mais uma faixa foi aberta por volta de 19h desta quinta (6), e a parte da rodovia no sentido Feira/Salvador está temporariamente transformada em mão dupla, ao longo de um trecho de 300 metros. Considerada emergencial, a medida melhorou o fluxo de veículos na rodovia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trânsito está tranquilo nesta tarde, mas deve piorar no final do dia.


Os motoristas que estiverem saindo de Salvador são aconselhados a pegar a BR-324 pela estrada CIA- Aeroporto, saindo assim no KM 608 da estrada federal. Na manhã de ontem, o engarrafamento causado pelo buraco atingiu a região do Iguatemi e teve reflexos também na Avenida Bonocô.

Buraco atrapalha o trânsito desde a madrugada de quarta-feira




Na área afetada passam duas adutoras de água tratada que alimentam o reservatório do Cabula - essencial para o abastecimento de Salvador. Das adutoras, apenas uma está em funcionamento e se encontra a uma distância de um metro da cratera, de acordo com a assessoria da Embasa.


A Embasa informou ainda que no local passa também uma linha de distribuição de água que atende Porto Seco e Dom Avelar. Esta linha foi isolada e não está em funcionamento, por isso os bairros estão sendo abastecidos por linhas alternativas.


Para tentar evitar danos à rede, técnicos da Embasa acompanham de perto o serviços que estão sendo realizados pela Via Bahia para identificar o que causou o problema e refazer a pavimentação. A previsão é que o serviço dure pelo menos 30 dias. Cerca de 40 homens atuam na área em que a cratera abriu. Ela tem aproximadamente 18 metros de comprimento e sete de profundidade.


Por determinação do ministro dos transportes César Borges, a Agência Nacional de Transportes (ANTT), tem acompanhado de perto o processo. “Provavelmente uma rede de drenagem  rompeu, provocando fuga de material no aterro da pista. O solo já estava fragilizado”, disse João Nogueira, engenheiro da Via Bahia.


Matéria original: Correio 24h

Via Bahia inicia trabalho de contenção em cratera na BR-324