Saúde

Adeus inchaço: confira quatro dicas para amenizar o desconforto no estômago

Caso o seu problema esteja relacionado com má digestão, uma boa dica é recorrer às frutas cítricas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Sabe aquela sensação de inchaço? ela pode ser causada por vários fatores como hábitos alimentares pouco saudáveis e rotina estressante por exemplo. Pensando nisso, a Taeq separou quatro dicas para ajudar a aliviar o desconforto. Confira:

Prepare chá de macela, que possui propriedades digestivas

A melhor forma de aliviar desconforto no estômago, sem dúvida, é apostando no chá. Existem diversas plantas e ervas medicinais com potencial terapêutico que ajudam a tratar esse tipo de problema. A marcela, por exemplo, é uma erva rica em propriedades anti-inflamatórias, digestivas, calmantes e ajuda a amenizar os sintomas do estômago inchado.

Outros chás que amenizam dores e inchaços no estômago: erva-doce, erva-cidreira, hortelã, boldo e tomilho.

Consuma frutas cítricas que auxiliam na digestão

Caso o seu problema esteja relacionado com má digestão, uma boa dica é recorrer às frutas cítricas (limão, laranja, abacaxi e acerola). Elas estimulam a produção de suco gástrico, auxiliando no processo de digestão e evitando o surgimento de gases, por exemplo. No entanto, caso a pessoa sofra com gastrite (inflamação no estômago), não é recomendável consumir essas frutas, pois elas podem aumentar a acidez do meio e prejudicar o tratamento.

Invista nos probióticos a longo prazo

Para manter a saúde do sistema digestório a longo prazo, a nossa sugestão é investir nos probióticos - bactérias "do bem" que auxiliam na digestão, evitam problemas no intestino e combatem a azia. Alimentos como kefir, kombucha, iogurte natural, queijo cottage e azeitona são fontes de probióticos e merecem fazer parte da dieta. Vale destacar que pessoas que consomem probióticos no dia a dia não costumam enfrentar problemas relacionados ao trato digestivo - ou seja, tudo é uma questão de hábito!

Lembre-se de comer devagar e manter hábitos alimentares saudáveis

Outra dica importante, mas que muita gente esquece  é lembrar de comer com calma, mastigando bem os alimentos. Apesar de parecer algo simples, isso faz toda a diferença para o bem-estar do sistema digestório. Quando comemos rápido demais, a mastigação fica comprometida, o que resulta na sensação de estômago inchado e azia. Isso porque, quando os alimentos não são bem mastigados, o trânsito intestinal fica mais lento, causando gases e desconfortos.

Além disso, é importante destacar que bons hábitos alimentares são fundamentais para garantir a saúde do estômago. Alimentos processados e gordurosos (como biscoitos recheados, pipocas de micro-ondas, congelados, margarina e frituras) tendem a sobrecarregar o estômago, causam gases e inchaço. 

Para evitar esse tipo de problema, a nossa sugestão é apostar em alimentos naturais como frutas, legumes, verduras e leguminosas (lembrando que feijão, lentilha e outros grãos devem ser deixados de molho antes do preparo, para eliminar os antinutrientes que costumam causar gases).