Saúde

Alimentação pode ajudar a conquistar o bronzeado ideal

Poucos sabem, mas a alimentação certa pode ser uma grande aliada nesse momento

Agência O Globo
- Atualizada em

Com a chegada do Verão, a árdua busca pelo bronzeado ideal que homens e mulheres empreendem torrando nas praia vai muito além dos produtos de pele. Poucos sabem, mas a alimentação certa pode ser uma grande aliada nesse momento e, mais especificamente, o pigmento betacaroteno.

— Além de funcionar como protetor contra os raios solares, o betacaroteno estimula a melanina, que é responsável pela pigmentação da pele — explica a nutricionista Natalia Dourado, da empresa Sanavita.

Foto: Divulgação

E como encontrar o milagroso betacaroteno? O pigmento está em alimentos com cores alaranjadas, amarelas e vermelhas, como cenoura, beterraba, abóbora, mamão, manga, acerola e pêssego. Ele também pode ser achado em folhas verdes escuras, como o espinafre, a rúcula, a couve e a escarola.

Segundo a especialista, o ideal é começar a comer esses alimentos três meses antes de pegar sol. Mas, como tudo na vida, betacaroteno em excesso não faz bem e pode destruir o bronzeado conquistado.

— Quando isso acontece, a pessoa pode ficar com as superfícies amareladas, principalmente nas mãos e nos pés — alerta a nutricionista.

A nutricionista Marina Feuro, da cooperativa Nutris do Brasil, lembra que não adianta só ingerir os alimentos citados para ficar com a pele bronzeada. Para atingir o objetivo esperado, é preciso ter uma alimentação equilibrada constante.

— Não vai ter efeito se você tiver com déficit de alguma vitamina ou com o estômago impróprio. Se não for ao banheiro todo o dia, por exemplo, pode esquecer. É preciso ter uma alimentação saudável para equilibrar o intestino, que é onde terá a absorção das substâncias que serão revertidas no bronzeado — afirma.