Saúde

Arco-íris da cozinha: veja os tipos de pimenta-do-reino e como usá-las nas receitas

A pimenta-do-reino é rica em vitamina A e K, betacaroteno, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, manganês e fibras dietéticas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Quer dar um toque especial nas suas receitas? As especiarias, principalmente a pimenta-do-reino, podem ser grandes aliadas na cozinha. Seja preta, verde, branca ou vermelha, os benefícios de inserir a pimenta-do-reino nos pratos vai muito além do sabor.

A pimenta-do-reino é rica em vitamina A e K, betacaroteno, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, manganês e fibras dietéticas. O Taeq preparou uma listinha com os benefícios de cada pimenta-do-reino e dicas de como inseri-las nas receitas. Confira:

Foto: reprodução / Shutterstock
1- Pimenta-do-reino preta: este é o tipo de pimenta mais comercializado do mundo e é ingrediente ideal para qualquer tipo de receita salgada. Os grãos da especiaria contêm propriedades terapêuticas e podem ser utilizados no tratamento de doenças respiratórias.

- Dica de uso: picante na medida certa, você pode usar para incrementar um molho de tomate e temperar carnes vermelhas.  

2- Pimenta-do-reino verde: caracterizada pelo aroma menos acentuado, textura lisa e "falta" de ardência.

- Dica de uso: vale usar para o preparo de peixes, carnes e aves, temperar saladas, saborizar vegetais e todas as outras combinações que você desejar.

3- Pimenta-do-reino branca: pode ser encontrada na forma seca, em grãos ou moída. Esse tipo causa um certo "formigamento" no primeiro contato. A pimenta-do-reino branca também é indicada para auxiliar tratamentos médicos, como os que envolvem dores na articulação, artrite, congestão nasal e intoxicação alimentar.

- Dica de uso: boa pedida para caldos e molhos claros ou brancos.

4- Pimenta-do-reino vermelha:
conhecida por ser suave e picante por dentro, é a menos comercializada, por causa da dificuldade na colheita - proveniente de frutos maduros.

- Dica de uso: você pode usar no tempero de proteínas e no preparo de molhos.



Vale ressaltar que todos os tipos de pimentas-do-reino são bons para a saúde. Elas possuem uma substância chamada "piperina" em sua composição, que é responsável por aumentar a absorção de vários nutrientes - incluindo vitaminas -, estimular enzimas digestivas, digerir mais rapidamente os alimentos e acelerar o metabolismo. A pimenta ajuda no emagrecimento saudável, aumenta a libido e elimina o excesso de radicais livres do corpo.