Saúde

Azedinho que faz muito bem: conheça os mitos e os verdades sobre o limão

Muito se fala sobre o limão ser milagroso, com função detox, ajudar a emagrecer, fortalecer o sistema imunológico, dentre outros benefícios

Revista ABM

Muito popular e fácil de achar, inclusive no quintal de muita gente que cultiva o fruto, o limão é bastante usado na culinária, tanto em temperos como em receitas doces e salgadas. Seu destaque se deve às inúmeras propriedades nutricionais bem conhecidas, e até esteve em uma das muitas fake news geradas nessa pandemia, quando foi divulgado que seu suco, com laranja e mel, poderia proteger ou curar da Covi-19. Embora o limão traga muitos benefícios para o organismo, isso o fruto não faz não, mas populações antigas já usavam o limão para tratar o escorbuto (doença grave caracterizada por deficiência de vitamina C) antes mesmo da descoberta da vitamina C.

Além da vitamina C, o limão contém propriedades cítricas importantes como folato e flavonoides, e também outros compostos como ácidos fenólicos, cumarinas, ácidos carboxílicos e aminoácidos. Popularmente utilizado para tratar dor de estômago e resfriados, seus benefícios vão muito além:

• Ajuda a evitar infecções

• O citrato do limão pevine pedra nos rins

• É indicado para tratar escorbuto, dor de garganta e febre

• Também é indicado para hipertensão, reumatismo e cálculo renal

• Tem propriedades antibacteriana, antifúngica, anti-inflamatória, anticâncer, hepatoprotetor e cardioprotetora

• Melhora a absorção de ferro não-heme dos vegetais verdes, beterrabas e feijões

• Ajuda em processo de cicatrização e estimula síntese de colágeno

• Ajuda a reduzir queimação estomacal (possui alto teor de ácido cítrico)

“O ácido cítrico do limão é em torno de 5 a 7% e, quando livre, ao ser ingerido é oxidado e se comporta como um “alcalinizante”. Ou seja, é um neutralizante da acidez interna, estabilizando o pH do sangue”, explica a nutricionista Jessica Ferreira, especialista em nutrição esportiva e doenças cardiovasculares.

Foto:  reprodução / ABM

Muito se fala sobre o limão ser milagroso, com função detox, ajudar a emagrecer, fortalecer o sistema imunológico, dentre outros benefícios. Para não deixar dúvidas, pedimos para a nutricionista esclarecer alguns mitos e verdades:

É detox. Mito.

O limão, assim como outras frutas fontes de vitamina C (acerola, caju, tangerina e laranja) possui compostos antioxidantes que combatem os radicais livres nas células, reduzindo o estresse oxidativo, mas ele, sozinho, não tem a função detox. De acordo com a nutricionista, o processo de detox no corpo não se resume a um alimento apenas. “É a soma do consumo de alimentos saudáveis e a retirada de alimentos que possuem componentes tóxicos, metais pesados, ou que provoquem alguma reação imunológica e/ou intolerância no organismo”, esclarece.

Fortalece o sistema imunológico. VERDADE

Por ser rico em vitamina C (antioxidante), o limão atua diretamente no sistema imunológico. Mas é aconselhável que seja consumido imediatamente para aproveitar a biodisponibilidade da vitamina C e de outros compostos instáveis, sensíveis à luz e à temperatura.

Com água morna auxilia o emagrecimento. MITO

A nutricionista esclarece que nosso corpo tem um mecanismo fisiológico conhecido como termorregulação que regula a temperatura interna quando ingerimos água ou alimento morno e quente, e é isso que provoca distensão ou contração gástrica, mas nada relevante que altere o gasto calórico.

Ajuda na digestão. VERDADE

O ácido cítrico do limão, quando consumido em jejum, estimula a produção de fluidos digestivos oriundos do estômago, fígado e pâncreas. “Outros alimentos também geram esse estímulo. O limão só vai antecipar esse processo antes da chegada de mais alimentos, facilitando a digestão”, explica a nutricionista

Combate a absorção de gordura. MITO

O limão ajuda na digestão, mas o que combate a absorção de gordura é consumir menos calorias e gastar mais (déficit calórico), e ter uma alimentação equilibrada.

Agrava problemas gastrointestinais. MITO

Embora seja um fruto ácido, o limão pode ajudar a reduzir queimação estomacal devido ao seu alto teor de ácido cítrico, que ao ser ingerido, é oxidado e funciona como um agente bloqueador do ácido do estômago, comportando-se como um “alcalinizante". isto é, um neutralizante da acidez interna, o que estabiliza o pH. Para isso, a nutricionista indica espremer meio limão em um copo com água.

É benéfico para a dieta. VERDADE

O suco do limão participa na detoxficação do corpo e combate os radicais livres no organismo, desincha e aumenta a sensação de saciedade. Contudo, em qualquer suco da fruta o ideal é não colocar açúcar, por isso não se deve abusar do suco de limão. “E é importante apostar na variedade de frutas cítricas”, orienta a nutricionista.

Evita retenção de líquido. VERDADE

O potássio, presente no fruto, ajuda a manter o equilíbrio de líquidos no corpo, aliado com a ingestão adequada de água e redução do consumo de sal.

Previne resfriados. VERDADE

O limão é rico em vitamina C por isso modula o sistema imunológico, reduz processos alérgicos e resfriados, e aumenta ação das células imunológicas como os linfócitos e macrófagos. “Adultos saudáveis necessitam de 100 a 200 mg/dia de ácido ascórbico. Em 100 g do limão é encontrado 32,8 mg”, esclarece a nutricionista alertando que a laranja tem mais quantidades (59 mg) e a acerola mais ainda (941mg).

Equilibra o pH sanguíneo. VERDADE

Nosso organismo trabalha constantemente para manter o pH do sangue levemente alcalino (entre 7,3 a 7,4). E, de acordo com a nutricionista, uma forma de contribuir para esse equilíbrio é consumir alimentos fontes de nutrientes percussores de bases como potássio, magnésio e cálcio que são, na sua maioria, de origem vegetal. O limão é considerado “alcalinizante” devido ao resíduo orgânico alcalino que ele deixa no corpo após sua digestão.

Acelera o metabolismo. MITO

O limão pode ser um facilitador na perda de peso, apenas pelo fato de ter compostos que ajudam o organismo a reduzir inflamação, mas o fruto não apresenta efeito termogênico. “O ideal é permanecer em uma dieta saudável de restrição calórica não severa, e praticar atividade física para acelerar o metabolismo”, orienta a nutricionista.

A nutricionista indica duas receitas fáceis com limão. E nesse link você encontra mais 20 receitas!

Suco tipo detox

1 limão espremido, 1 rodela de gengibre, 1 couve média e 1 maçã pequena. Bata tudo no liquidificador e tome imediatamente (sem coar).

Bolo de limão

• 1 limão siciliano grande, sem casca e sem caroços

• 1 xicara de amido de milho

• 2 xicaras de farinha de trigo integral (ou farinha de arroz, farinha de amêndoas, farinha de soja)

• 3 colheres de sopa de manteiga, ou 30 ml de óleo de coco

• 3 ovos

• 2 xicaras de açúcar, ou 1 1/2 de xilitol, ou 4 colheres de mel ou melaço.

• 100 ml de Kefir de leite 24h (fermentação de 24h)

• 1 colher rasa de fermento

Modo de preparo: bata bem todos os ingredientes antes de misturar a farinha. Após a colocar a farinha, bata mais um pouco e por último coloque o fermento. Unte levemente a assadeira e leve ao forno a 180°, por 30 minutos.