Saúde

Boa alimentação: veja dicas sobre a higienização correta de frutas, verduras e legumes

Nutricionista explica que alimentos carregam inúmeros tipos de bactérias que podem causar inflamações e intoxicações

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em tempos de precauções por conta do novo coronavírus, os cuidados com o consumo dos alimentos é fundamental para aumentar a imunidade. Além da atenção no momento da compra, é preciso higienizá-los corretamente, já que contaminação alimentar pode causar mais de 200 tipos de doenças.

Foto: Reprodução

Os principais agentes de transmissão são a salmonella typhi, e.coli e o novovírus. “A má aparência dos vegetais não necessariamente quer dizer que estão impróprios para o consumo. É importante evitar os que estão estragados e se deteriorando, mas se não estão tão bonitos, ainda assim possuem alta qualidade nutricional. O mais importante no caso é a correta higienização e armazenamento”, orienta Daniela Lasman, nutricionista da Bodytech Iguatemi São Paulo.

Na opinião de Daniela, não basta utilizar somente água corrente. "A água apenas retira a sujeira superficial. A primeira dica: se o preparo do alimento for realizado antes do consumo, o ideal é colocar o item escolhido em um saquinho plástico aberto dentro da geladeira por uma hora. Desta maneira, a temperatura do alimento diminui e não há a absorção de microrganismos no momento da higienização. Se a compra for feita no dia anterior, a sugestão é guardar o alimento na geladeira e só higienizar na hora do preparo”, explica.

Segundo a especialista, a higienização deve ser realizada da seguinte maneira: retire todas as partes estragadas, passe todos os alimentos em água corrente e  coloque os vegetais em solução de hipoclorito de sódio diluída em água (uma colher de sopa do produto na concentração de 2,0% ou 2,5% - ou duas colheres de hipoclorito na concentração de 1% - para cada litro de água).

Para Daniela, os alimentos devem ficar imersos nesta solução por dez minutos e depois serem enxaguados com água filtrada. Com a ajuda da escova Lava Legumes, retire todas as impurezas que ainda estão nos alimentos e para finalizar passe todos os itens na água corrente novamente.

Outra dica
Outra sugestão dada pela especialista é: faça a sua própria horta. É possível plantar os alimentos preferidos em qualquer lugar, independentemente do espaço. Além de ser uma maneira eficaz de garantir a origem dos itens, você terá um momento de terapia.

Além disso, ela indica priorizar os da época, variar as opções (cores diferentes equivalem a nutrientes diferentes) e tentar incluir pelo menos duas frutas e dois vegetais no seu dia a dia.