Saúde

Como usar própolis para aumentar a imunidade

Extrato de própolis possui diversos benefícios que incluem a ajuda na cicatrização, aceleração na regeneração de tecidos

Redação Dino

O própolis é uma mistura de pólen, cera e resina vegetais criada pelas abelhas, com o intuito de vedar e proteger as colmeias de fungos, insetos e bactérias. Essa substância é usada no extrato de própolis, pois atua de forma semelhante no organismo, agindo nas defesas de forma anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana, antifúngica, cicatrizante e melhorando o sistema imunológico. O extrato de própolis é rico em proteínas, aminoácidos, vitaminas e flavonoides, tornando-se um antibiótico natural.

Com um efeito antioxidante, os flavonoides presentes no extrato de própolis ajudam a eliminar radicais livres do corpo e a regeneração da pele lesionada, além de auxiliar no processo de limpeza do sistema. Os radicais livres nas células podem causar morte celular precoce, fazendo com que várias doenças possam ser desenvolvidas, como as cardiovasculares, reumáticas, neurológicas, diabetes e envelhecimento precoce, por isso é importante a sua eliminação.

Foto: reprodução
Além disso, o extrato de própolis é capaz de aumentar a imunidade, já que contém uma porção de substâncias como flavonoides, ácidos fenólicos, terpenos, vitaminas e minerais, que ajudam a proteger e fortalecer o sistema imunológico. Dessa maneira, é capaz de estimular a imunidade celular, incentivando a destruição de corpos estranhos, impedindo a proliferação de bactérias e vírus, e aumentar a produção de células de defesa do corpo.
Por possuir efeito cicatrizante, o extrato de própolis é indicado para gripes, dores de garganta, sinusite e amigdalite, além de ajudar em problemas respiratórios, incluindo tosse irritada ou com catarro. Seu uso também é indicado pela noite, pois estimula a melatonina e age como um regulador de sono.

Para usar o produto em gotas, o mesmo deve ser aplicado diretamente em feridas, diluído em bebidas ou aplicado na garganta. O ideal é seguir as instruções que constam na embalagem e a recomendação medica, pois a posologia e o modo de uso dependem da idade, do local e da enfermidade. Porém, o extrato de própolis pode ser usado segundo essas recomendações:

Para cicatrização e espinhas, deve ser aplicada de 1 a 2 gotas do extrato de própolis sobre a ferida, de 4 a 5 vezes por dia;

Em caso de problemas respiratórios, é necessário colocar algumas gotas em água fervida e fazer inalações;

Já para dores de garganta, o ideal é adicionar de 4 a 5 gotas do extrato de própolis em uma xícara de água e usar para fazer gargarejo;

No caso de tosse, gripe, sinusite ou amigdalite, acrescentar de 3 a 4 gotas do extrato de própolis no chá ou juntar 1 a 2 gotas em 1 colher de mel.

Antes do uso, duas gotas do extrato podem ser pingadas na pele, esperando 30 minutos, verificando a região e suspendendo o uso em caso de hipersensibilidade, coceira ou vermelhidão na pele.