Saúde

Conheça os sinais da osteoporose e como ela afeta o corpo

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que entre 13% e 18% das mulheres e 3% a 6% dos homens acima de 50 anos, em todo o mundo, têm osteoporose

Redação Acorda Cidade

Ossos frágeis e fraturas que ocorrem com facilidade. Essa é a forma como a osteoporose, doença que avança silenciosamente, afeta o organismo humano. Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 10 milhões de pessoas no país são portadores da enfermidade, sendo esse número em sua maioria composto por indivíduos da terceira idade. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que entre 13% e 18% das mulheres e 3% a 6% dos homens acima de 50 anos, em todo o mundo, têm osteoporose.

(Foto: Divulgação)

Como a osteoporose atua no corpo humano?

Silenciosa, a osteoporose costuma ser descoberta apenas quando já causa algum problema após o paciente sofrer alguma queda ou impacto. Com a presença da doença, esses incidentes costumam resultar em fraturas, por conta do enfraquecimento ósseo.

Os ossos dos portadores da condição ficam sensíveis e bastante frágeis. A diminuição progressiva da densidade óssea ocorre por conta da redução da absorção de novas células, chamadas osteoclastos e osteoblastos, responsáveis por reabsorver as áreas ósseas envelhecidas e produzir ossos novos, respectivamente.

O diagnóstico da doença é feito por meio do exame de densitometria óssea por raios X, que mede a densidade mineral do osso na coluna lombar e no fêmur. Os resultados podem ser classificados como normal, osteopenia e osteoporose.

Vários fatores podem aumentar a probabilidade do surgimento da doença, como sedentarismo, consumo de álcool, tabagismo, menopausa, deficiência de vitamina D e cálcio e hipertireoidismo. A condição não tem cura, mas adotar mudanças no estilo de vida pode ajudar o paciente portador de osteoporose a ter mais conforto no dia a dia.

É possível adotar estratégias de prevenção durante a infância e adolescência, época em que os ossos estão se desenvolvendo. Tomar sol, fazer exercícios físicos e ingerir alimentação rica em cálcio são algumas das mais importantes e devem seguir por toda a vida.