Saúde

Coronavírus: saiba quais são os cuidados que devem ser tomados na higienização dos óculos

Quem usa lentes de contato deve redobrar a atenção

Agência O Globo
- Atualizada em

Em tempos de coronavírus, os óculos, que, muitas vezes, não saem do rosto, também devem receber uma atenção especial. Segundo a oftalmologista Luiza Neves, a higienização deve ser feita com água morna e detergente. "Na ausência de detergente, a recomendação é que se use sabonete líquido", diz ela. Hugo Galindo, um dos sócios da ótica Zerezes, indica uma flanela macia ou papel toalha para a secagem. "Sem esfregar, apenas pressionando", destaca ele.

Para aqueles que precisam ir à rua, a orientação é reforçar a higiene. "Ao entrar no elevador, no transporte público ou no supermercado, por exemplo, deve-se evitar levar a mão ao rosto e aos óculos. Se possível, usar álcool gel nas mãos até poder limpá-las adequadamente", explica o médico oftalmologista especialista em cirurgia plástica ocular André Borba.

Ele indica um aumento na frequência da limpeza dos óculos: "De duas a três vezes por dia. Vale também usar álcool a 70% nas hastes." Fora de casa é necessário deixar de lado certos hábitos. "Evite colocar os óculos sobre a cabeça ou apoiá-los em superfícies", emenda o oftalmologista.

Quem usa lentes de contato deve redobrar a atenção. "Primeiramente, ao colocar ou retirar as lentes, o rosto deve estar absolutamente limpo, assim como as mãos", alerta André. Para quem não tem tanta disciplina, trocar a lente pelos óculos durante a pandemia do novo coronavírus pode ser uma solução.

"As lentes são corpos estranhos e exigem que as mãos entrem em contato com a mucosa dos olhos. Os óculos funcionam como barreiras, mas as lentes, não", alerta a oftalmologista Luiza Neves."Nesse período, a minha recomendação é que se diminua o uso das lentes de contato ou as troque pelos óculos."