Saúde

Dicas para evitar o desconforto sentido por grávidas durante o calor

Situações de desconforto devem sempre ser evitadas ou diminuídas especialmente em gestantes

Evelin Azevedo, da Agência O Globo
Com a proximidade do verão, os dias quentes se tornam mais que comuns no Rio e um dos grupos que mais sofrem com esta época do ano são as grávidas. É normal vê-las se queixando de desconfortos e mal-estares. Quando está calor, o nosso corpo transpira com o objetivo de manter o equilíbrio da temperatura corporal, provocando uma perda de líquidos.
— Durante a gravidez, as mulheres apresentam um aumento relativo da temperatura corporal por conta dos níveis de progesterona circulantes, assim, em uma situação de calor, fica mais difícil para nosso corpo conseguir reduzir a temperatura durante a gestação — afirma o ginecologista e obstetra Roberto Antunes, diretor médico do Centro de Reprodução Fertipraxis.
Outro problema que afeta as futuras mães são edemas (inchaços). Isto ocorre porque o crescimento do útero atrapalha o retorno do sangue dos membros inferiores para o coração, causando acúmulo de líquidos principalmente nas pernas e pés. Além disso, o corpo da mulher sofre outras mudanças, como explica Ana Cláudia Sodré ginecologista da Policlínica Centrodador.com.
— Na gestação ocorre um aumento da quantidade de sangue que circula pelo corpo da gestante, em média dois litros. O excesso de sangue, de peso e a vasodilatação provocada pelo calor provocam um grande desconforto.
Situações de desconforto devem sempre ser evitadas ou diminuídas especialmente em gestantes. De acordo com Roberto, toda experiência ruim acaba afetando a relação materno-fetal de alguma forma. — As condições que levam as grávidas a serem mais suscetíveis a desconforto devem ser monitorizadas para que não atinjam níveis críticos, como por exemplo, desenvolvimento de diabetes gestacional para aquelas gestantes que não controlam o peso, trombose venosa para as que não conseguem controlar o inchaço das pernas, ou desmaios e síncopes (perda temporária da consciência) para aquelas que elevam muito a frequência cardíaca — alerta o médico.
Qualquer problema, evite se automedicar. — Sempre converse com seu médico pré natalista ele poderá ajudar a minimizar os desconfortos os dias quentes do verão — orienta a obstetra Ana Paula Linhares.
Dicas para evitar o desconforto
Evite o calor
Apesar de parecer quase impossível, procure sempre ficar em locais menos quentes e mais refrigerados o possível
Hidrate-se
Mais do que nunca é importante que a mulher beba bastante água. A ingestão diária deve ser superior a dois litros
Use roupas leves
Elas ajudam a deixar o corpo mais fresco
Não faça muito esforço
Evite fazer muito esforço, principalmente em locais quentes
Coloque os pés pro alto
Deite-se e coloque as pernas esticadas para cima, pois isto ajuda no retorno do sangue ao coração e diminui o inchaço