Saúde

Dieta Sirt: conheça a dieta que permite chocolates e vinho no cardápio

Entre os alimentos permitidos estão chá verde, cebola, couve, café, cacau e vinho tinto

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

 Quer perder peso na quarentena? Você precisa investir em uma dieta e na prática de atividade física. Uma opção é a dieta sirtfood, que ficou conhecida em 2016, após a publicação do livro 'A Dieta Sirt', dos mestres em medicina nutricional Aidan Goggins e Glen Matten. 

O plano alimentar propõe um cardápio rico em alimentos considerados "sirt", que favorecem o envelhecimento saudável por meio da neuroproteção, redução da secreção insulínica, cardioproteção e diminuição da formação de gordura. 

Entre os alimentos permitidos estão chá verde, cebola, couve, café, cacau, vinho tinto, maçã, tofu, salsa, soja, azeite, nozes, rúcula, chocolate com 65% cacau ou mais, entre outros. 

 Como funciona? 

 Os autores do livro sobre a dieta sirt dividiram o plano alimentar em duas fases. Na primeira, que dura cerca de sete dias, o indivíduo deve consumir mil calorias diariamente nos três primeiros dias (em cada um desses dias, deve ingerir três sucos verdes e fazer um refeições ricas em alimentos sirt). Do quatro ao sétimo dia, a ingestão calórica para 1,5 mil, com dois sucos verdes e duas refeições diárias. 

Já na segunda fase, que dura 14 dias, a pessoa pode comer três refeições balanceadas ricas em alimentos sirt todos os dias e um suco verde.  Depois disso, é aconselhável continuar tomando suco verde e manter uma alimentação balanceada. 

 Ressalvas 

 A dieta sirt, que já foi seguida por Adele (cantora emagreceu 45 kg em um ano), deve ser feita com o acompanhamento de um profissional de nutrição, para que a baixa na ingestão de calorias não traga problemas para o organismo. Além disso, um nutricionista vai adequar o plano as suas necessidades individuais.