Saúde

Emagreça comenda gordura: entenda como funciona a dieta da gordura

A justificativa deste método de emagrecimento é a ação do componente na insulina

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Quer emagrecer, mas tem dificuldade de abrir mão de alguns hábitos alimentares? A dieta da gordura pode ser uma alternativa. O método criado pela nutricionista e personal trainer Zana Morris - que até lançou o livro "The High Fat Diet", em 2015, define que é possível usar a alimentos ricos em gordura a seu favor. 

A justificativa deste método de emagrecimento é a ação do componente na insulina, hormônio responsável por mandar a glicose para dentro da célula. 

O procedimento é seguinte: a insulina é liberada durante a alimentação e o tipo de comida ingerida influencia diretamente no seu nível no sangue. Carboidratos e açúcares em excesso, por exemplo, causam um considerável aumento, enquanto as proteínas sobem os níveis de maneira mais leve. Já a gordura, por sua vez, não causa nenhum tipo de alteração na insulina - o que faz com que a glicose não seja transformada em energia. Dessa forma, a energia precisa ser retirada de outros lugares, como dos lipídios, o que contribui para a queima de gordura.

Foto: reprodução / Pixabay

Com isso, o corpo vai gastar o que está acumulado e, assim, reduzi medidas. Em entrevista ao portal Taeq, a nutricionista Sheila Basso explicou que o cardápio desta dieta é composto por 80% de gordura, 5% de carboidrato e 15% de proteína.

A especialista também reforçou que é importante ter o acompanhamento de um nutricionista para seguir esta dieta. Afinal, o nutricionista vai adequar o método as suas realidades individuais para que não ocorra um desequilíbrio nutricional. 

"Os pacientes também devem receber as doses diárias recomendadas de vitaminas e minerais (em formulações sem açúcar), bem como a suplementação de cálcio. As quantidades exatas dos alimentos para o plano alimentar devem ser calculadas com base em dados individuais de cada um", completou Sheila Basso.