Saúde

Entenda como o uso de chinelos por tempo prolongado prejudica sua saúde

“Quando você usa um chinelo, há um esforço importante dos dedos para não o perder durante a caminhada", explica especialista

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Gosta de andar confortável? Se sim, com certeza você é do time dos que não abrem mão de usar um chinelo ou  sandálias abertas no dia a dia. Mas, esse hábito pode ser muito prejudicial para saúde dos pés. O ideal é deixa esses calçados para usar apenas quando for para piscina ou praia. 

De acordo com Walkíria Brunetti, fisioterapeuta especialista em Pilates, os chinelos e rasteirinhas não oferecem nenhum suporte para o arco do pé. “A sola desses calçados deixa os pés planos, o que não é ideal. A pisada de quem caminha de chinelos impacta em uma pressão mais intensa no tecido plantar, que conecta os dedos dos pés ao calcanhar. Isso aumenta o risco de desenvolver a fascite plantar, por exemplo”.

“Quando você usa um chinelo, há um esforço importante dos dedos para não o perder durante a caminhada. Essa curvatura dos dedos para dentro, por tempo prolongado e de forma repetitiva, pode causar uma tendinite, além de dores nos pés, quadris e região lombar".

Foto: reprodução / Pixabay

Lembrando ainda que o risco de torções aumenta muito, já que o chinelo não oferece nenhuma proteção ou estabilidade na caminhada, reforça Walkíria.

Além dos problemas musculoesqueléticos, o uso de chinelo aumenta o risco de lesões em geral, como pisar em vidros, pregos, animais peçonhentos, bem como de se contaminar e desenvolver doenças de pele.

Quarentena de chinelos

Os chinelos são um dos calçados mais populares no Brasil. Praticamente, fazem parte da cultura nacional e viraram até brinde para estrangeiros. “E na pandemia, certamente, foram o calçado de escolha nos períodos mais restritivos, em que todos precisaram ficar em casa. Mas, o conforto, nesse caso, é inimigo da saúde musculoesquelética”, comenta Walkíria.  

Mudança de hábitos

Apesar do chinelo ser o queridinho do verão e do conforto em casa, Walkíria reforça que é preciso optar por calçados mais adequados, dependendo da ocasião. “Os chinelos devem ser reservados para ambientes como piscina, praia e, eventualmente, para ficar em casa". 

Vale lembrar ainda que se a pessoa for fazer uma caminhada na praia, é preciso usar uma papete ou tênis, principalmente na prática de corrida”, reforça a especialista.  

 


Recomendações

- Use o chinelo apenas em ocasiões como ir à praia, piscina ou para usar dentro de casa (mas não por tempo prolongado); 

- Prefira os modelos que ofereçam suporte para o arco do pé

- Jamais conduza um veículo de chinelo, pois aumenta o risco de acidentes e é proibido pela legislação de trânsito;

- Para as mulheres a dica é optar por sandálias com salto de 3 a 4 cm. O modelo Anabela é uma ótima ideia também;

- Os homens podem optar por papetes;

- As crianças podem usar papetes ou sandálias fechadas na frente;

- Para esportes, como andar de bicicleta ou patinete, o ideal é calçar tênis.

Dica

Atualmente, é possível encontrar sandálias, tênis e até sapatos mais sociais com um solado chamado de flatform. Normalmente, eles são retos e têm uma altura de cerca de 3 a 4 cm. Algumas marcas são feitas pensando no conforto, e, portanto, são uma ótima escolha tanto para ficar dentro de casa, quanto para sair.