Coronavírus

Entenda porque você tem que tomar duas doses da vacina contra covid-19

Aplicação da CoronaVac se dá em duas etapas

Carlos Bahia* (carlos.filho@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Na noite da última segunda-feira (18), 376 mil doses da CoronaVac, uma das vacinas contra a covid-19, desembarcaram em Salvador. A quantidade será distribuída por todo o estado e imunizará, inicialmente, cerca de 188 mil baianos, pois cada pessoa tem que tomar duas doses da vacina. Mas porque apenas uma não é suficiente?

A resposta é baseada na memória imunológica. "Nosso sistema precisa desse reforço (segunda dose) para afirmar a resposta imunológica. Precisamos da segunda dose para 'lembrar' o sistema imunológico de produzir a defesa por um bom tempo", explica ao iBahia Ana Karolina Barreto Marinho, especialista da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

Isso não significa que a primeira dose é inútil. A especialista conta que as células de defesa começam a agir já no dia seguinte a aplicação da vacina, mas que a segunda dose reafirma esse incentivo para termos a resposta imune contra a doença.

"Podemos dizer que a imunização completa só acontece 15 dias após a aplicação da segunda dose", diz Ana Karolina.

Essa imunização completa se dá pela produção dos anticorpos IgG, que são aqueles que funcionam como uma proteção para o caso de novo contato com o vírus.


*Sob supervisão da repórter Isadora Sodré